Ir para o conteúdo
Carreiras e Mercado

Mães empreendedoras: quando voltar ao escritório não é opção

Mães Empreendedoras

Ter a autonomia para fazer o próprio horário de trabalho e a liberdade para conduzir a carreira são algumas das principais vantagens para quem busca uma rotina fora dos escritórios e outros ambientes formais. Se a pessoa em questão for mãe, os benefícios só aumentam. Conseguir equilibrar os compromissos profissionais enquanto passam mais tempo com seus filhos tem se tornado uma situação cada vez mais comum entre as mães brasileiras. Mães Empreendedoras.

Segundo uma pesquisa realizada pela empresa de recrutamento Robert Half, 53% das mulheres voltam integralmente ao trabalho após o término do período da licença-maternidade. Com a dificuldade de conciliar a carreira profissional com a rotina materna, muitas mães escolheram seguir o caminho do empreendedorismo.

Após trabalhar por quatro anos em uma companhia aérea, Steffani das Chagas foi se distanciando do ambiente de trabalho para conseguir passar mais tempo com seu bebê. Depois de muita conversa com o seu companheiro, decidiu sair do trabalho para se dedicar aos cuidados do novo membro da família.

O curioso é que, em razão a todo o contexto que envolve a maternidade, e por visualizarem todas as necessidades dessa rotina, muitas mães optaram por desenvolver negócios voltados especificamente para este público-alvo.

Depois de ganhar uma máquina de costura da sogra, Steffani aproveitou o tempo que tinha para aprender a costurar algumas coisas para o seu filho. Com o tempo, a prática foi se aperfeiçoando. “Eu gastava muito dinheiro com babadores para o Téo, até que aprendi a fazer e comecei a testar nele. Os amigos começaram a pedir alguns junto com faixinhas de cabelo e comecei a vender. Foi um sucesso”.

Assim nasceu a marca de artigos infantis que Steffani idealizou junto com Francisco, seu companheiro, ao enxergarem a oportunidade de expandir o negócio e, então, deixarem de vender só para seu círculo social.

Sororidade

Além do sucesso pessoal e profissional, mães que empreendem também contribuem e muito para o crescimento feminino no mercado. “Considero muito importante comprar de quem faz , das mães que empreendem. São produtos feitos com amor e muita dedicação que além de contribuir para empoderar economicamente essa mulher, aumenta as possibilidades de cuidar de sua família”, disse a entrevistada.

Porém, a opção de ser dona do seu próprio negócio para se dedicar mais à educação dos filhos também pode trazer muitos desafios para essas mães.

Como todo negócio, a fase inicial demanda bastante tempo e dedicação. O desafio de começar a empreender e conseguir estabilizar as demandas do trabalho com as necessidades maternas, pode acarretar em um ritmo de vida muito intenso. Então, como organizar todas as tarefas ao mesmo tempo?

A partir disso, surge a necessidade de incorporar muita disciplina à rotina de trabalho. Steffani assume que as vezes é difícil manter o foco e encarar que é um trabalho como outro qualquer. “Às vezes me distraio e vou cuidar da casa e do bebê. Por isso, preciso me policiar mais em relação aos horários”.

Conhecer bem o público-alvo e as necessidades dos filhos é fundamental. Com isso, saber organizar os horários, encaixar as demandas do trabalho na rotina materna e priorizar tarefas importantes torna o dia a dia muito mais prático e otimizado.

Sabemos também que o ato de criar filhos implica na ocorrência de acontecimentos inesperados. Nesses momentos a mãe deve ter um planejamento de trabalho muito bem definido para não se perder durante um imprevisto e outro.

O importante é ter muita determinação e saber que não precisa optar entre viver para cuidar dos filhos ou da carreira, mas sim saber conciliar ambas as funções e encontrar um equilíbrio. “Minha dica é se jogar e ir com força no que te faz se sentir bem. Se a gente não arrisca,a vida fica na mesma”, completou Steffani.

Com organização, foco e planejamento, trabalhar em casa pode tornar a qualidade de vida de mães que desejam empreender muito melhor. Além da autonomia, poder realizar algo com um propósito também oferece muito mais valor ao negócio.

E você, tem vontade de começar a sua própria marca? Confira aqui os nossos cursos que podem ajudar nessa caminhada.

Conheça nossas faculdades