Ir para o conteúdo
Carreira em Pauta

Transforme sua paixão em carreira: dicas para começar

paixão em carreira

Transformar a paixão em carreira. Quem nunca teve esse sonho, não é mesmo? Quando somos crianças, somos incentivados a pensar em uma vida profissional que se encaixe em nossos gostos, vontades e aptidões. Contudo, conforme os anos passam, muitas pessoas perdem essa conexão entre paixões e trabalho.

Seja por uma questão financeira, que envolve acreditar que nem sempre as carreiras dos sonhos podem ter um bom retorno em remuneração, seja por não enxergar que as paixões podem se tornar uma atividade profissional e rentável, dentre muitas outras possibilidades.

Todavia, o que você vai achar se dissermos que sim, é possível unir paixão e carreira em uma coisa só? Hoje em dia, as possibilidades de ofício se transformaram de forma radical, possibilitando que muitas ideias, sonhos e vontades se tornem realidade, com inúmeras profissões.

Então, se você ficou animado com a notícia e quer fazer isso acontecer na sua vida, continue lendo o texto. Abaixo, você vai encontrar um passo a passo para seguir esse caminho, colocando os seus desejos em primeiro lugar de forma inteligente, estratégica e focada.

Paixão em carreira: como fazer essa união acontecer?

1 – Entenda quais são as suas grandes paixões

O primeiro passo pode parecer óbvio, mas ele é fundamental para iniciar essa jornada. Estamos falando de entender exatamente quais são as suas paixões e começar a organizá-las.

Para isso, identifique os assuntos que fazem seus olhos brilharem, que são tema de pesquisas, livros e outros conteúdos que você consome, e sobre os quais você poderia falar durante horas. Eles são um bom indicativo dos seus grandes gostos, e vale a pena esquematizá-los em listas para iniciar a avaliação da sua carreira.

2 – Descubra de que maneira elas podem se relacionar com o trabalho

Depois de entender as suas paixões, vai ficar mais fácil construir uma ponte entre elas e uma carreira. Para que isso aconteça, o ideal é que você pense tanto em possibilidades técnicas quanto de assunto, porque não há apenas uma oportunidade de carreira para cada paixão. Inclusive, essa é uma ótima maneira de combinar paixões.

Por exemplo, uma pessoa apaixonada por assuntos médicos não precisa, necessariamente, focar em profissões da área da saúde, como medicina, enfermagem, fisioterapia, dentre muitas outras. Você pode se tornar um jornalista de saúde, focar a sua atuação em diversas áreas para atuar em hospitais ou farmacêuticas, atuar em políticas públicas de saúde, e assim por diante.

Da mesma maneira, adorar turismo não significa que você terá que se tornar um guia de turismo. As possibilidades se desdobram dentro do mercado de trabalho, abrindo diversos caminhos para você analisar e escolher. Por isso, essa fase envolve muita pesquisa e análise de cenários.

3 – Pesquise mais sobre a situação do mercado de trabalho, e áreas que estão em alta

Entendeu o que você ama e como você pode inserir essas paixões na sua carreira? Então chegou o momento de deixar o processo ainda mais estratégico.

Está na hora de entender mais sobre o cenário do mercado de trabalho. Para cada uma das possibilidades de carreira que você mapeou, faça pesquisas aprofundadas para entender as profissões que estão em alta, do que as empresas precisam, como a atmosfera em geral está para os ramos, no que vale a pena investir ou não, dentre outros questionamentos.

Assim, você vai adquirir uma visão mais crítica e real sobre as carreiras possíveis, começando a traçar um plano de ação sólido e certeiro.

4 – Comece a se desenvolver de forma técnica para alcançar o seu sonho

Nesse momento, você já terá entendido o melhor caminho para seguir. Então, o próximo passo é arregaçar as mangas para fazer o seu sonho se tornar realidade.

Isso só vai acontecer depois que você desenvolver as habilidades técnicas que a carreira escolhida exige, o que pode acontecer de diversas formas. Cursos de graduação, como bacharelados, licenciaturas e cursos tecnólogos, serão a principal opção em alguns casos. Você também pode optar por cursos livres e, caso seja formado, por especializações e MBAs.

5 – Aposte em uma pós-graduação para dar esse grande passo

A especialização é um tipo de pós-graduação. Ela faz parte dos cursos lato sensu, que são voltados para o mercado de trabalho, e são uma excelente opção para quem quer fazer uma transição de carreira, deseja direcionar sua atuação para um ponto específico e, assim, adquirir competências técnicas novas. Lembrando que apenas quem já é graduado pode se especializar, certo?

Com um curso de pós, você vai se desenvolver de forma completa. Além de aprender conhecimentos novos e atualizados, você também vai fazer networking, focar nas suas soft skills, receber o título de especialista e ficar ainda mais próximo de conectar seus sonhos com a sua vida profissional.

Uma das opções para tornar sua paixão em carreira, por exemplo, é o MBA EAD em Gestão Empresarial. Então, não perca mais tempo e comece agora mesmo a transformar a sua vida profissional, unindo os seus sonhos com sucesso e criando a vida que você quer viver.

Autor: Equipe Blog Portal Pós

O blog do Portal Pós traz conteúdos sobre carreira, mercado de trabalho, tendências e inovação. Aqui você também encontra textos sobre crescimento pessoal, curiosidades e tudo que envolve o mundo da pós-graduação.

Conheça nossas faculdades