Ir para o conteúdo
Mercado de Trabalho

Como dizer que o salário é baixo durante a entrevista?

como dizer que o salário é baixo

Discutir sobre salário durante uma entrevista de emprego pode ser um desafio. Muitos candidatos ficam inseguros sobre como dizer que o salário é baixo sem parecer gananciosos ou arriscar a oportunidade. No entanto, falar sobre remuneração é essencial para garantir que a posição oferecida atenda às suas necessidades financeiras e expectativas profissionais. 

Com isso, antes de entrar em uma negociação salarial, é crucial entender o valor de mercado para a posição que você está almejando. Realize uma pesquisa detalhada sobre a faixa salarial média para o cargo na sua região e indústria.

Sites como Glassdoor e LinkedIn podem te ajudar nessa missão. Além disso, converse com profissionais da área para obter uma visão mais realista das expectativas salariais. Esta preparação permitirá que você tenha uma base sólida para argumentar durante a entrevista.

Qual o momento ideal para falar sobre o salário?

Geralmente, é aconselhável esperar até que o entrevistador traga o assunto ou até a fase final da entrevista, quando já há um interesse claro em sua contratação. Mostrar entusiasmo e interesse genuíno pela vaga antes de discutir o salário pode aumentar suas chances de uma negociação bem-sucedida.

Fique atento aos sinais de que o entrevistador está pronto para falar sobre remuneração, como perguntas sobre suas expectativas salariais ou a apresentação de uma oferta preliminar.

Como dizer que o salário é baixo?

Ao perceber que a oferta salarial está abaixo das suas expectativas, é importante expressar sua preocupação de maneira diplomática. Utilize uma linguagem educada e evite um tom confrontador.

Você pode dizer algo como: “Agradeço muito a oferta e estou entusiasmado com a oportunidade. No entanto, com base na minha pesquisa e experiência, eu esperava um valor mais elevado. Existe flexibilidade para discutirmos isso?”. Essa abordagem demonstra respeito e abre espaço para uma negociação construtiva.

Argumentando com base em suas qualificações

Para justificar uma solicitação de salário mais alto, destaque suas habilidades, experiências e conquistas que agregam valor à empresa. Explique como seu conjunto de habilidades é único e como você pode contribuir para o sucesso da organização.

Por exemplo, se você tem certificações relevantes ou experiências que resultaram em melhorias significativas em seus empregos anteriores, mencione esses pontos. Uma argumentação bem fundamentada baseada em suas qualificações pode ser convincente para o empregador.

Mantendo a comunicação positiva

Durante a discussão salarial, mantenha uma comunicação positiva e construtiva. Evite expressar frustração ou descontentamento de maneira negativa. Mostre que você está disposto a colaborar para encontrar uma solução que beneficie ambas as partes.

Por exemplo, você pode dizer: “Eu realmente quero fazer parte da equipe e acredito que podemos chegar a um acordo que funcione para todos.” Esta atitude positiva pode criar um ambiente de negociação mais favorável.

Negociação do salário

A negociação salarial é uma arte que exige preparação e habilidade. Esteja pronto para apresentar uma faixa salarial baseada em sua pesquisa de mercado e esteja aberto a negociações.

Considere também outros benefícios que podem compensar uma oferta salarial menor, como bônus, planos de saúde, oportunidades de crescimento e flexibilidade de horário. Seja claro sobre suas necessidades, mas também mostre flexibilidade para alcançar um acordo satisfatório.

Respondendo a contraofertas

Se o empregador fizer uma contraoferta, avalie cuidadosamente antes de responder. Considere todos os aspectos da oferta, incluindo salário, benefícios e oportunidades de desenvolvimento.

Se a contraoferta ainda estiver abaixo do que você esperava, seja honesto sobre suas expectativas, mas mantenha o tom respeitoso e colaborativo. Agradeça pela consideração e explique por que você ainda acredita que um ajuste é necessário.

Explorando alternativas de compensação

Além do salário, considere outras formas de compensação que podem adicionar valor à sua oferta de emprego. Benefícios como planos de saúde, programas de bônus, oportunidades de trabalho remoto, dias de folga adicionais e oportunidades de desenvolvimento profissional podem ser significativos. 

Ao discutir alternativas de compensação, seja claro sobre o que é importante para você e como essas opções podem beneficiar tanto você quanto a empresa.

Por exemplo, você pode dizer: “Embora a oferta salarial seja um pouco abaixo das minhas expectativas, estou aberto a discutir benefícios adicionais que possam compensar essa diferença, como trabalho remoto ou programas de benefícios flexíveis.”

Planejamento para o futuro

Independentemente do resultado da negociação, é importante planejar para o futuro. Se você aceitar a oferta, discuta sobre revisões salariais futuras e oportunidades de crescimento dentro da empresa.

Estabeleça metas claras para seu desenvolvimento profissional e avalie periodicamente seu progresso. Se decidir não aceitar a oferta, mantenha a porta aberta para futuras oportunidades e continue sua busca com base nas expectativas salariais que você estabeleceu.

Discutir sobre salário pode ser desafiador, mas com preparação e comunicação eficaz, você pode abordar o assunto de maneira profissional e alcançar um acordo que reflita seu valor no mercado de trabalho. Conheça nossos cursos livres online Anhanguera, uma excelente oportunidade de te permitir negociar remunerações cada vez mais competitivas. 

Autor: Equipe Blog Portal Pós

O blog do Portal Pós traz conteúdos sobre carreira, mercado de trabalho, tendências e inovação. Aqui você também encontra textos sobre crescimento pessoal, curiosidades e tudo que envolve o mundo da pós-graduação.

Conheça nossas faculdades