Ir para o conteúdo
Tendências e Inovação

As boas práticas do uso de plataformas virtuais de aprendizagem

plataformas virtuais de aprendizagem

As plataformas de aprendizagem à distância têm uma importância significativa, como um método de aprendizagem utilizado pelos professores. Uma forma inovadora de ensinos múltiplos para os alunos, influenciando-os na formação da autonomia em sua aprendizagem. É considerado um grande desafio educar, principalmente, sendo à distância, as instituições têm como dever, trabalhar projetos que estimulam os alunos a criarem o hábito de navegar nas plataformas.  

No meio desse ambiente, é possível notar a educação se tornando relevante para a construção de uma comunidade baseada em conhecimentos adquiridos e mecanizados através das tecnologias. Diante disso, se faz necessário a apresentação das mídias sociais inseridos nesse universo de plataformas de aprendizagem à distância, como os blogs, podcasts, mensagens instantâneas e redes de relacionamentos, que são ferramentas gratuitas que podem produzir bons trabalhos.  

banner de pós-graduação com até 60% de desconto

Além de ensinar, as plataformas têm um papel muito importante no que tange a interação social, pois os alunos podem se interagir entre si, até mesmo fazendo o papel do professor, pois é possível, trocar experiências e conhecimentos, contribuindo para a aprendizagem de todos. É importante destacar que, para influenciar o participante na plataforma, é necessário aperfeiçoar o design da mesma, tornando mais flexível e acessível, quebrando as barreiras e gerando mais inclusões para o acesso, como destaca Ehlers (2007).  

Durante a implantação das plataformas virtuais no processo de ensino e aprendizagem, os alunos do Ensino Superior tiveram dificuldades em conciliar essa diversidade de espaço em seu processo de aprendizagem. Isso aconteceu porque a maioria destes alunos não aprenderam sobre as tecnologias educacionais durante seu processo escolar, ocasionando diversas dificuldades no manuseio das plataformas. 

Devido ao momento vivido atualmente, com as instituições fechando as portas, o que impossibilitou a continuação das aulas presenciais, o Ensino Superior precisou utilizar as plataformas virtuais para dar continuidade no processo de ensino e aprendizagem. Isso possibilitou que alunos e professores desenvolvessem novas habilidades com o uso das tecnologias educacionais, e aproveitar dos benefícios que as plataformas virtuais podem oferecer. Nesse período foi possível identificar os alunos se permitindo desenvolver suas aprendizagens por meio das plataformas virtuais, deixando para trás a tal resistência sobre o AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem).  

Como podemos promover acesso a todos, melhorar o uso de habilidades e promover qualidade na usabilidade? Uma sociedade que promove inovações e desenvolve-se por meio de estudo deve ser inclusiva. Nós não podemos perder as mentes criativas daqueles que não têm acesso à educação, à tecnologia, ao estudo e a infraestrutura do conhecimento. O elearning para todos deve derrubar as barreiras para aqueles que não têm acesso às novas infraestruturas do conhecimento. E a inclusão envolve abrir um convite a todos os grupos (stakeholder groups) em direção ao diálogo de como as barreiras da motivação, tecnologia, da pedagogia e de acesso podem ser vencidas. (EHLERS, 2007, p. 17)  

No tocante, as plataformas de aprendizagem à distância conduzem a um caminho favorecedor, para aqueles que se dedicam a esta ferramenta, contemplando um conhecimento construtivo, no qual se incorpora em um universo intelectual. O ensino através das plataformas, tem como objetivo, tornar os estudos mais fáceis e melhor, além da construção da sua autonomia, e para isso é fundamental tornar dependente dessa nova tecnologia, pois não há volta. 

Texto escrito por Profº. Me. Luiz Henrique Alves dos Santos 

Graduado em Pedagogia, Sistemas de Informação e Marketing, Luiz Henrique Alves dos Santos é Especialista em Gestão de Projetos, Ciência de Dados, Gestão Escolar, Liderança de Coaching em Gestão de Pessoas e Neurociência na Educação. Também é Mestre em Ensino e Tecnologia. 

Conheça nossas faculdades