Ir para o conteúdo
Curiosidades

5 DESCOBERTAS E INVENÇÕES FEITAS POR MULHERES INOVADORAS QUE MUDARAM A HISTÓRIA

Você pode não saber, mas muitos dos utensílios e tecnologias que simplificam as atividades da nossa rotina ou que ajudam a salvar vidas foram desenvolvidos por mulheres. Isso mesmo, diversos desses apetrechos nasceram a partir de ideias de engenheiras, cientistas e outras mulheres determinadas a desenvolver soluções e resolver problemas que pudessem facilitar a vida das pessoas. Desde o século 18, diversas descobertas e patentes foram registradas por mulheres inovadoras que obtiveram importantes avanços nos campos da ciência, da indústria e da medicina.

No mês da mulher, lembramos a história de 5 mulheres que escreveram seus nomes na história e que inovaram a ciência e o mundo:

Gabrielle-Emilie Le Tonnelier de Breteuil

Conhecida como marquesa de Châtelet, Gabrielle-Emilie Le Tonnelier de Breteuil foi uma filósofa, matemática e física do século XVIII. Ela foi responsável pela primeira descrição conhecida da energia cinética, bem como a primeira tradução para o francês do famoso trabalho de Sir Isaac Newton, “Princípios Matemáticos da Filosofia Natural”. Anteriormente, Newton, Voltaire e outros acreditavam que a energia cinética era proporcional à velocidade de um objeto em movimento. Emilie corrigiu a fórmula, acrescentando que a energia cinética também depende da massa do objeto.

banner de pós-graduação com até 60% de desconto

Mary Allen Wilkes

Estudante de Filosofia no Wellesley College, Mary Allen Wilkes trabalhava no MIT e escrevia o sistema operacional de LINC, o primeiro microcomputador da história. Pouco tempo depois, em 1965, ela construiu o seu próprio PC em casa e torna-se a primeira pessoa a ter um computador doméstico da história.

Hedy Lamarr

Nascida em Viena, Hedy era casada com um poderoso fabricante de armas, quando decidiu fugir para os Estados Unidos para tentar a carreira de atriz.  Seu sucesso foi tanto que ela se tornou uma das atrizes mais bem pagas do cinema hollywoodiano nos anos 1940. Também foi a criadora de um sistema de comunicações de torpedos durante a Segunda Guerra Mundial, que até hoje é a base para tecnologias como Wi-Fi e Bluetooth.

Gertrude Belle Elion

Após anos de estudos, a bioquímica e farmacologista Gertrude Belle Elion conseguiu formular diversos remédios como tioguanina, mercaptopurina e aciclovir que reduziram os sintomas de doenças como Leucemia e Aids. Com a descoberta de Elion, se tornou possível inibir ou matar a proliferação do organismo nocivo, sem causar danos às células saudáveis. Devido às suas descobertas, Gertrude B. Elion foi premiada diversas vezes, entre as quais podemos citar o Nobel de Fisiologia ou Medicina em 1988, a medalha Garvan da sociedade americana de química (1968), o prêmio Caim da associação Americana para pesquisa do câncer (1984), a medalha nacional de ciências (1991).

Grace Murray Hopper

Além de almirante da marinha dos Estados Unidos, Grace Murray Hopper também foi a cientista da computação responsável pelo desenvolvimento da linguagem de programação Flow-Matic. Essa linguagem serviu como base para a criação do COBOL, usado até hoje em processamento de bancos de dados comerciais.  Também chamada de “Vovó do COBOL”, Hopper também foi a primeira pessoa a utilizar o termo “bug” para descrever um problema em um sistema de computador.

 

Conheça nossas faculdades