Ir para o conteúdo
Tendências e Inovação

Como aplicar a metodologia ágil na rotina de trabalho?

imagem escrito scrum, uma metodologia ágil

Qualquer profissional ou empresa que queira garantir a entrega pontual precisa utilizar uma metodologia ágil. Ela consiste em uma estrutura de gerenciamento de projetos e tarefas que podem otimizar a sua rotina de trabalho, como veremos neste texto. Embora o nome possa soar como um modismo, a verdade é que as metodologias ágeis já estão por aí há mais de 20 anos e realmente fazem a diferença nos resultados das companhias.

Com um método de trabalho bem claro e definido, elas prezam pela adaptabilidade e liberdade ao invés da hierarquia tradicional. Gigantes como Google e Microsoft já fazem uso dessa metodologia.

O que é a metodologia ágil Scrum?

O Scrum é um método ágil utilizado para melhorar o trabalho em equipe e a colaboração em projetos complexos, que geralmente duram entre 2 e 4 semanas. 

banner de pós-graduação com até 60% de desconto

Veja a seguir quais são os passos para utilizá-lo em seu trabalho.

1 –  Familiarize-se com a framework do Scrum

A framework, ou estrutura do Scrum, é bem simples. Ela é dividida entre papéis, artefatos e eventos, e cada um tem a sua importância dentro dela. Os papéis são as funções de cada um. Ela inclui o Scrum Master, Product Owner e a Equipe de Desenvolvimento.

Os eventos são: organização de backlog, planejamento de sprint, sprint, daily Scrum, revisão da sprint e retrospectiva de sprint. Os artefatos são as listas de pendências da sprint e do produto. Uma vez que você se familiarizar com todos os componentes, será a hora de ir para o próximo passo.

2 – Distribua os papéis do seu time Scrum

O seu time Scrum precisará ser composto por:

Producto Owner (PO): será o dono do produto e responsável pelo andamento. Ele é quem determina o que fará parte do produto e criará uma lista de prioridades, conhecida como backlog.

Scrum Master: O Scrum Master tem a responsabilidade de garantir que o Time de Desenvolvimento se mantenha produtivo e criativo. Fará a ligação entre o time e o Product Owner.

Time de Desenvolvimento: geralmente é composto por sete pessoas. Nos projetos de tecnologia incluem engenheiros, programadores, testadores e designers de interface (UI designers).

Ao escolher as pessoas para cada papel, é importante levar em consideração as suas habilidades. O Dono do Produto, por exemplo, precisa ser alguém que tem autoconfiança para falar em nome dos interesses do cliente. 

3 – Crie o backlog do produto

O Backlog do produto é a lista das tarefas que precisam ser feitas. Ele contém todas as solicitações, funções e aspectos necessários para o desenvolvimento do projeto ou produto. Quem vai organizar as prioridades dos itens inclusos nessa lista é o PO. A ordem deverá levar em conta a importância e o valor que vai gerar para o negócio.

Leia também: O que é Kanban e como a metodologia funciona

Conforme o projeto for evoluindo e as novas necessidades e solicitações forem surgindo, o PO deverá atualizar o Backlog. Como todos os participantes precisam ter uma visão completa do projeto, para isso, ferramentas online como o Trello podem ser muito úteis para criar o backlog.

4 – Faça a organização das sprints

Essa é uma parte muito importante do projeto, pois é nela que vai ser determinado o tempo em que cada etapa será completada. As sprints (períodos entre três e quatro semanas, geralmente) são reservadas para o desenvolvimento de cada fase. É responsabilidade do Scrum master determinar os objetivos de cada sprint e o tempo de duração dela.

No início de cada semana é necessário fazer uma pequena reunião para determinar como os objetivos serão alcançados. Reuniões rápidas, de cerca de 15 minutos, conhecidas como standup meetings, podem ser feitas diariamente com o Scrum team para atualizar o status das tarefas com cada um dos participantes.

5 – Faça a revisão da Sprint

Cerca de uma hora por semana é suficiente para revisar a sprint. Essa reunião é uma oportunidade para o time apresentar o trabalho completo. O Product Owner vai avaliar a entrega em relação ao que foi solicitado e os stakeholders poderão dar o feedback e dizer se aceitam ou rejeitam o trabalho.

Em seguida, pode ser realizada a reunião de retrospectiva da sprint. Durante esse encontro, o time de desenvolvimento e o Scrum Master analisam o que deu certo e o que não funcionou durante o projeto. O foco deve ser nas áreas que precisam melhorar para o próximo projeto.

A gestão ágil é fundamental para o desenvolvimento de projetos complexos. O Scrum, a mais popular entre elas, pode maximizar a produtividade, reduzir custos e etapas de trabalho. Esperamos que esses 5 passos para utilizar a metodologia ágil Scrum ajudem na sua rotina de trabalho e no sucesso dos seus projetos.

E para quem quer ter sucesso não só no gerenciamento de projetos mas também na carreira, a especialização é uma outra ferramenta indispensável. Para isso, faça a sua pós em uma universidade que oferece acesso à tutoria, materiais didáticos exclusivos, cursos livres gratuitos e outras vantagens, como a Unopar. Veja todos os cursos de pós-graduação e MBA e faça a sua inscrição!

Conheça nossas faculdades