Ir para o conteúdo
Tendências e Inovação

O que é plano de negócio no empreendedorismo? Confira!

o que é plano de negócio no empreendedorismo

Tirar uma empresa do papel exige muita preparação e pesquisa. Mesmo que o negócio comece pequeno, é necessário avaliar o mercado, determinar um capital inicial e desenvolver estratégias de crescimento. Portanto, entender o que é plano de negócio no empreendedorismo é a primeira etapa para se preparar para começar uma empresa.

Independente do tamanho, filiais ou área de atuação, as empresas precisam de plano de negócio para basear suas decisões. Esse plano pode ser dividido em curto, médio e longo prazo, e, por meio dele, cada área desenvolve as próprias metas, sempre com foco no que foi planejado. 

E claro que no ramo comercial, assim como na vida pessoal, nem sempre as coisas saem como planejado ou o direcionamento muda ao longo do caminho. Mas, ter um plano ajuda a tomar decisões estratégicas, definir as etapas necessárias para atingir os objetivos, e identificar quais áreas investir e quanto recurso utilizar. 

Assim, mesmo uma empresa pequena como um MEI deve criar um plano de negócio, afinal todo empreendedor quer ver seu trabalho prosperar e sua empresa crescer. 

O que é empreendedorismo?

Antes de entender melhor o que é um plano de negócio, é preciso conhecer o que é empreendedorismo e suas principais características. Empreender significa encontrar uma oportunidade ou solução para o mercado ou consumidores finais, com o propósito de facilitar processos e inovar. 

A partir daí, o empreendedor cria um produto, serviço ou sistema e cria uma empresa para, assim, oferecer isso ao mercado. Entenda as principais características do empreendedorismo:

Inovação

É possível que uma pessoa abra uma empresa e ofereça “mais do mesmo”, mas em termos de estratégia, isso dificilmente se transformará em um negócio de sucesso, visto que outras companhias já fornecem tal solução. 

Portanto, a base para empreender é encontrar uma proposta inovadora, que possibilite aos clientes acessar algo novo. 

Riscos

Uma ideia, por melhor que seja, pode não ser bem recebida pelo público, ou não encontrar o nicho adequado. Além disso, mudanças no mercado ou no cenário econômico ou outros tipos de imprevistos podem afetar os resultados. 

O empreendedor só saberá se correr riscos. Isso, porém, não significa fazer algo sem pensar, mas sim encontrar a melhor maneira de arriscar e ter ferramentas para lidar com essas variáveis. 

Liderança

Ser um líder exige confiança e também muito conhecimento. Um negócio pode começar na garagem de casa, sem nenhum colaborador, e ainda assim se tornar um sucesso. Muito disso depende da habilidade do empreendedor em persistir em seus objetivos e usar seu conhecimento em busca de desenvolvimento para a organização. 

Ser um líder implica em estimular a equipe a dar o seu melhor, mas também servir de exemplo, inspirando outros profissionais a terem autonomia e desenvolverem o senso de risco e inovação comentados acima. 

O que é um plano de negócio e como fazer?

Desenvolver as características mencionadas ajudará o empreendedor a seguir firme em seu propósito, mas ter um plano de negócios é o que irá guiá-lo neste caminho. Ele deve ser encarado como um mapa, um documento com a s principais informações da empresa, que deve ser consultado na hora de definir estratégias. 

O plano é uma ferramenta que permite ter uma visão ampla do negócio, as oportunidades, números relacionados ao mercado de atuação e informações detalhadas sobre o público-alvo, entre outras coisas. Veja o passo a passo para fazer um plano de negócio:

1- Resumo

Antes de entrar em detalhes sobre mercado e estrutura organizacional, o primeiro passo é resumir as informações da empresa: o que ela faz, quais objetivos, missão e valores. Essa informação é importante pois guiará todas as decisões da empresa. 

Essa etapa deve conter uma visão geral do negócio, o que será ofertado em termos de produto ou serviço, localização, estrutura e nomes dos profissionais em cargos de liderança.

2- Objetivos

Etapa onde são descritos os objetivos da empresa, que servirão como base para a atuação de todos. Por isso, esse texto deve ser claro e determinar o que, exatamente, a empresa fará e quais os planos.

Nesse momento é preciso ser específico e, se houver, utilizar números para medir os objetivos e assim estabelecer metas. 

3- Mercado e concorrentes

Fazer uma pesquisa sobre o mercado de atuação é essencial para tirar uma empresa do papel. É preciso saber os pontos fortes e fracos dos concorrentes, entender o que tem para oferecer como diferencial em relação a eles, estudar suas boas práticas e buscar maneiras de inovar e encontrar nichos que eles não atendem. 

4- Público-alvo

Saber quem será o consumidor da empresa é importante para tomar uma série de decisões, desde a produção até a divulgação através de marketing. Afeta o atendimento e a equipe de vendas, além de servir como referência para as ações de marketing. 

Essas informações servem como ferramentas básicas para começar a estruturar uma empresa. Com dados bem elaborados no plano fica mais fácil visualizar qual o melhor caminho para desenvolver campanhas de marketing e posicionamento de marketing, por exemplo, ou encontrar os parceiros e fornecedores adequados. 

Também é preciso seguir buscando novos conhecimentos e especializações, como a pós Anhanguera, que oferecerá aos empreendedores uma visão mais ampla do mercado, além de colocá-los em contato com soluções inovadoras. 

Assim, além de entender o que é plano de negócio no empreendedorismo, eles poderão buscar informações concretas que servirão como base para a criação de desenvolvimento de uma empresa de sucesso. 

Autor: Equipe Blog Portal Pós

O blog do Portal Pós traz conteúdos sobre carreira, mercado de trabalho, tendências e inovação. Aqui você também encontra textos sobre crescimento pessoal, curiosidades e tudo que envolve o mundo da pós-graduação.

Conheça nossas faculdades