Ir para o conteúdo
Você na Pós

Pós em Terapia Sistêmica Familiar e de Casal: conheça o curso

Terapia Sistêmica Familiar e de Casal

A psicologia conta com uma série de vertentes e linhas terapêuticas, não é mesmo? Cada uma enxerga os relacionamentos sociais da humanidade da sua maneira e, nesse contexto, temos a Terapia Sistêmica Familiar e de Casal. Inclusive, você sabia que é possível se especializar nessa área e se tornar um profissional focado e diferenciado?

Hoje vamos falar especificamente sobre dessa pós-graduação, explicando todos os detalhes, possibilidades e focos do curso, que vai transformar o futuro da sua carreira. Para isso, continue lendo o texto e descubra tudo.

Terapia Sistêmica Familiar e de Casal: todos os detalhes da pós-graduação

Por que escolher essa especialização?

Tendo em vista que a terapia sistêmica enxerga o indivíduo como um sistema de relacionamento com as demais pessoas ao seu redor, ela pode ser uma excelente abordagem terapêutica para famílias e casais.

Afinal de contas, ela promove uma maior consciência sobre as dificuldades e problemas que as pessoas enfrentam dentro de macro e microcosmos. Além disso, aborda a possibilidade de desenvolvimento de novos comportamentos, atitudes e sentimentos que possam contribuir com a mudança e a melhoria nos relacionamentos.

Sendo assim, ser um especialista na área vai te qualificar para a prática profissional na atuação psicossocial, garantindo que você estará pronto para atender indivíduos, famílias, casais e sistemas diversos com a expertise necessária.

Quem pode cursar a pós?

Assim como todos os cursos de pós-graduação, essa especialização só pode ser cursada por profissionais que já sejam graduados. Ou seja, você precisa de um diploma de graduação, seja um curso tecnólogo, bacharelado ou licenciatura.

Dentro desse contexto, o curso é indicado para psicólogos e outros profissionais que também lidam, no dia a dia, com demandas familiares. Eles incluem, por exemplo, pedagogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e assistentes sociais.

Aqui, é fundamental ressaltar que essa é uma pós-graduação multiprofissional. Ela atende a todas as exigências do Ministério da Educação (MEC), contudo, não se propõe a atender resoluções específicas dos conselhos ou entidades de classe. Por isso, vale a pena comparar a matriz curricular, descrita abaixo, com as exigências do seu órgão de classe.

O que vou desenvolver ao longo da jornada acadêmica?

Ficou interessado no tema e descobriu que tem os pré-requisitos necessários para cursar a pós? Então vamos deixar essa possibilidade ainda mais atraente, descobrindo as habilidades que você vai aprender e aprimorar durante o curso.

Com ele, você vai aprender a ter uma atuação fundamentada nas bases do Pensamento Sistêmico, tendo a capacidade de selecionar, avaliar e adequar os diversos instrumentos de avaliação e intervenção ao longo da sua prática de carreira. Com isso, poderá tomar decisões éticas, críticas, contextualizadas e não tecnicistas.

Além disso, você vai entrar em contato com as características dos fenômenos e processos sistêmicos familiares, para, desse modo, associar cada um deles às questões conceituais e modelos explicativos de domínio da Psicologia.

Como resultado, você terá a plena compreensão dos contextos atuais das diferentes abordagens que perpassam as terapias sistêmicas de família e de casal, incluindo o conhecimento de suas técnicas, modalidades e métodos de atendimento.

Também conhecerá as condições necessárias para construir e elaborar conceitos e instrumentos da técnica sistêmica, e entenderá os significados da teoria sistêmica familiar e psicodinâmicas. 

Matriz curricular: quais são as disciplinas do curso?

Tudo isso será possível por conta da matriz curricular da pós-graduação. Desenvolvida por uma equipe pedagógica atualizada e um corpo docente especializado, ela conta com disciplinas estratégicas.

Elas levam em consideração as demandas do mercado de trabalho e as necessidades dos profissionais, construindo um curso robusto e pronto para te ensinar tudo sobre o tema.

Estamos falando de 360 horas de pós, divididas em 9 disciplinas ministradas a distância. Ou seja, todas as aulas estarão disponíveis por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem, o AVA, que permite que você tenha o controle da sua especialização. Com ele, você poderá acessar todos os conteúdos disponíveis, incluindo as videoaulas gravadas.

Elas vão contemplar todas as disciplinas, que estão listadas abaixo.

  1. Terapia sistêmica familiar e modelos terapêuticos
  2. Configurações de família na sociedade contemporânea
  3. Sistema terapêutico familiar – famílias com crianças, adolescentes e com jovens
  4. Psicopatologia e as relações familiares
  5. Intervenção sistêmica na terapia de casal
  6. Atenção psicossocial e uso de álcool e drogas
  7. Saúde mental na infância e adolescência
  8. Ética e responsabilidade profissional
  9. Gestão de carreira

Além delas, o AVA também disponibiliza slides, materiais de apoio, podcasts, sugestões de leituras extras, acesso à maior biblioteca da América Latina e um sistema de tutoria, para você tirar dúvidas e interagir com um especialista na sua área sempre que precisar.

Agora que você já sabe tudo sobre a especialização em Terapia Sistêmica Familiar e de Casal, o que falta para se inscrever? Comece agora mesmo a sua pós-graduação Anhanguera e transforme a sua carreira. Assim, você vai se especializar em uma área da psicologia e sair na frente de seus concorrentes no mercado de trabalho.

Autor: Equipe Blog Portal Pós

O blog do Portal Pós traz conteúdos sobre carreira, mercado de trabalho, tendências e inovação. Aqui você também encontra textos sobre crescimento pessoal, curiosidades e tudo que envolve o mundo da pós-graduação.

Conheça nossas faculdades