Ir para o conteúdo
Carreiras e Mercado

Você precisa mudar de carreira?

Ter motivação, ganhar bem, gostar do que faz e principalmente ser realizado em sua profissão são pontos que dependem de passos pessoais para ser conquistados. Nesse cenário, é comum avaliar se este conjunto não estaria resolvido com a ideia de mudar de carreira. Entretanto, decisões como essa devem estar de acordo com o ambiente de trabalho, com a oferta de benefícios ou mesmo com os tópicos de satisfação acima citados. E tomá-las de uma hora para outra pode não ser o ideal, uma vez que impactam diretamente em sua vida pessoal.

Por isso, separamos algumas perguntas importantes a ser consideradas, bem como algumas dicas sobre formas de aprimorar seu conhecimento e crescimento pessoal dentro da empresa em que você trabalha. Veja só!

O que eu posso usar de minhas atuais habilidades?

Exemplificar de forma simplista o que você adquiriu de conhecimento e experiência em sua carreira anterior não é o correto. O interessante está em, justamente, aproveitar as habilidades conquistadas da melhor maneira em seu desejo de trocar de área. Além disso, valorizar-se profissionalmente e pessoalmente também envolve a aquisição de conhecimento, os estudos e o aprendizado contínuo. Por isso, antes de pensar em mudar de carreira, avalie o quanto você aprendeu e é experiente em sua área e o que poderia ser levado a outros patamares e funções.

Haveria alguma outra função dentro da empresa em que trabalho?

O que você busca, talvez seja mudar de função dentro do lugar em que já está. Procure o departamento de recursos humanos de sua empresa e veja quais as possibilidades. Às vezes, um novo aprendizado e oportunidade podem elevar seu potencial pessoal e profissional. A conversa é o melhor caminho para esse entendimento. Inclusive, procure informações confiáveis sobre o que deseja fazer. Procure por programas de mentoria e auxílio profissional para saber qual o melhor caminho a ser seguido.

O que eu quero realmente?

A resposta a essa pergunta também perpassa as perguntas anteriormente citadas. O primeiro ponto é deixar claro quais valores você deseja priorizar em sua vida, avaliando itens como salário, satisfação pessoal, gosto pelo trabalho, bem como pelas pessoas que estão a sua volta nesse ambiente. Afinal, os valores pessoais não andam separados dos profissionais e encontrar novas oportunidades deve estar diretamente ligado a eles.

Como posso melhorar minha capacidade para mudar ou mesmo continuar?

Investir em cursos de capacitação pode direcionar o que você deseja para sua vida profissional. Por isso, procure por cursos livres, novas graduações, cursos de pós-graduação ou MBA que tragam o que você busca para que essa satisfação seja completa. Além disso, tenha plena consciência que às vezes, mudar sua carreira pode representar um novo recomeço e vir acompanhado de novas motivações e experiências.

Quais serão minhas novas perspectivas?

A vida é repleta de expectativas. Por isso, ao pensar em construir uma nova carreira, é importante fazer uma avaliação minuciosa do que o novo futuro profissional pode trazer para sua vida. Pesquise, converse com profissionais que atuem na área e considere, além do retorno financeiro que você possa ter em sua nova empreitada, a satisfação pessoal.

Em quais empresas eu poderia atuar?

Dentro de seu desejo de trocar de área de atuação é preciso também estudar o mercado de trabalho. A área em que está pensando seguir é economicamente rentável? Além disso, é um mercado em crescimento? Vale fazer uma longa pesquisa sobre o assunto em empresas de grande porte, bem como conversar com pessoas que já trabalham nesse mercado. A troca de experiências é fundamental.

Quero (posso) recomeçar do zero se for necessário?

Primeiramente, é preciso avaliar condições econômicas e psicológicas. Nem todo mundo está disposto a abandonar a segurança de uma carreira em benefício de uma nova vida profissional. Além disso, uma pergunta importante a ser respondida é: tenho condições de arcar com essa nova vida? Dar um passo maior que a perna, como diz o ditado popular, pode levá-lo a um grande tombo e resultar em frustrações futuras. Outro ponto a ser considerado é o apoio de pessoas próximas às suas decisões. Se o novo caminho estiver bem arquitetado em sua vida, siga em frente e saiba recuar quando necessário. Não é um ato vergonhoso aprender coisas do início.

Considerando impulsionar sua carreira ou menos candidatar-se a novas áreas? Veja cursos livres, pós-graduação e MBAs que podem ajudá-lo

Conheça nossas faculdades