Ir para o conteúdo
Tendências e Inovação

A aposta no home office

Desconhecido do público brasileiros até poucos anos atrás, hoje o regime de trabalho em home office começa a se solidificar como uma maneira inteligente e econômica para exercer atividades profissionais de rotina. Afinal, numa era em que discutimos tanto sobre consciência ambiental, maneirar em deslocamentos é um dos meios mais efetivos para ajudar na mínima preservação.

Outro aspecto bastante positivo de se trabalhar em casa é a otimização do tempo. Se vivemos repetindo que não é possível fazer tudo que queremos ou precisamos em um dia, com as “horas extras” que economizamos do transporte, as coisas se tornam mais fáceis. A especialista em consultoria de marketing Luciana Ferreira (30) é uma das adeptas desse novo modo de trabalhar. “Eu optei por me tornar autônoma há dois anos. Desde então, montei meu escritório em casa e consigo realizar muitas outras atividades no meu dia útil. Trabalhar remotamente permitiu que eu retomasse a yoga, os meus planos de pós-graduação, além de ter mais tempo com a minha família. Só vejo vantagens”, disse.

Ainda segundo Luciana, o grande segredo para ter um dia produtivo depende de alguns fatores bem simples. “Estar num local que me permita entrar em concentração plena ainda é o mais importante pra mim. Eu tinha um terceiro quarto vago em casa e aos poucos montei um ambiente aconchegante e que me ajuda a focar”.

Começando a sua própria estação de trabalho
Não importa se você tem um cômodo inteiro disponível ou apenas um espaço para a mesa. Montar um home office pode ser um investimento baixo se comparado aos retornos que ele trará ao longo do tempo. Abaixo separamos algumas dicas para quem quer colocar o plano em prática.

1 –  Você precisa estar confortável e com uma estrutura mínima para trabalhar tranquilamente. Escolha um ponto da casa com boa luz natural, silencioso e em que o sinal da internet seja bom.

2 – Usar o notebook na cama, nem pensar. A curto prazo você ganha dor nas costas e sua máquina ainda pode superaquecer. Providencie uma mesa de boa altura e uma cadeira macia.

3 – Tem um dinheiro sobrando para investir nesse espaço? Aposte em uma cor de tinta suave para as paredes e uma decoração que instigue sua criatividade.

4 –  Mantenha uma rotina como se estivesse em local corporativo, com horários definidos para as atividades, pausas para o café, alongamentos e refeições.

5 – À vontade, mas sem exageros. Trabalhar de pijamas pode parecer muito convidativo, mas atrapalha sua concentração. O mesmo acontece com a TV ligada.

6 – Existem muitas ferramentas virtuais para ajudar na organização do seu fluxo de trabalho, como o Trello – que faz a vez do gerenciamento de equipes e projetos, o MailChimp – para e-mail marketing, o Canva – para criação de pequenas peças gráficas e o BKper – para gestão financeira. Faça uma lista das suas necessidades e descubra quais podem facilitar o dia a dia.

Gostou da ideia de desacelerar? Uma rotina mais tranquila também pode significar tempo disponível para voltar a estudar. Clique aqui e veja todos os cursos EAD que temos disponíveis para você se reinventar.

Conheça nossas faculdades