Ir para o conteúdo
Tendências e Inovação

Como a tecnologia vai mudar o dia a dia no futuro

Tecnologias

Há 50 anos, as pessoas poderiam pensar que hoje, quase 20 anos passados do anos 2000, estaríamos andando em carros voadores, com robôs por todos os cantos. E que viveríamos a realidade como pintavam os filmes futuristas da época. A verdade é, que o tempo passou, muitas coisas continuaram iguais, mas também evoluíram bastante, como as tecnologias. Até pouco tempo atrás, no final da primeira década do novo milênio, a grande parte dos celulares não eram smartphones, a rede social mais usada no Brasil era o Orkut. E para nos locomovermos pela cidade sem um carro próprio, usávamos o táxi ou os transportes públicos convencionais.

Hoje, em 2019, as tecnologias prometem um futuro diferente daqueles dos filmes, mas mais inteligente, conectado e prático para o nosso dia a dia. Para você saber o que nos aguarda nos próximos anos, confira algumas tendências tecnológicas e prepare-se. 

Casa inteligente

Esta já é uma realidade para alguns, mas será mais comum que eletrodomésticos e sistemas de luz, aquecimento ou refrigeração, som e etc, estejam integrados dentro da casa. Para comandar tudo, serão utilizados assistentes de controle digitais, já disponíveis no mercado, e controlados por smartphones. Quem não vai querer chegar em casa com o ar-condicionado já ligado e o jantar sendo preparado no forno?

Carro sem motorista

O carro voador ainda está longe, mas já existem protótipos de carros-robôs e o piloto automático também já é muito comum nos carros atuais. Mas, no futuro, será cada vez mais frequente o uso de automóveis “ambulantes” que são comandados por coordenadas e levarão os passageiros sem comando humano.

Chip salva-vidas

Principalmente para os idosos e pessoas que já tem alguma doença crônica, microchips serão implantados sob a pele e a qualquer sinal de alteração da saúde, como um ataque cardíaco, por exemplo, o sistema integrado alertará os serviços de urgências para que o socorro seja realizado.  Atualmente existem serviços de monitoramento de idosos que interligam a residência aos serviços de emergência. Trata-se de um aparelho ou celular, que quando acionados pelo idoso ou algum cuidador, aciona o sistema de emergência que envia profissionais capacitados para o atendimento. 

Inteligência artificial mais inteligente

A expectativa é que nas próximas décadas a tecnologia seja centenas de milhares de vezes mais avançada do que hoje. Por isso, a inteligência artificial, muito utilizada em softwares para a interação com humanos e comandos automáticos, em indústrias, por exemplo, será ainda mais autônoma, podendo até passar a inteligência humana. Desta forma, será possível conversar apenas com um robô para resolver um problema, bem como um texto, por exemplo, poderá ser escrito por meio artificial, além de cirurgias completamente automatizadas. 

Se você é um amante de tecnologia e deseja se especializar no assunto, que tal começar fazendo uma pós-graduação? Conheça nossos cursos e escolha aquele que vai transformar o seu futuro.

Conheça nossas faculdades