Ir para o conteúdo
Crescimento Pessoal

Aprenda a gerenciar o seu tempo com o Método Pomodoro

POMODORO

O tempo tem sido uma questão filosófica há muitas eras. De Platão a Agostinho e Kant, todos questionaram o que de fato é o tempo e o que podemos fazer com o presente (já que o passado serve, no máximo, para compilar informações). Portanto, para um bom passado e um futuro promissor, o que importa mesmo é o agora.

Você já se perguntou sobre o que faz no seu momento presente? Com todas as infinitas possibilidades de distração disponíveis para nós, fazer o melhor sem protelação parece um desafio geral. Mas um pouquinho antes da internet virar o que a gente conhece, já tinha quem pensasse em metodologias que ajudassem nesse gerenciamento.

No final dos anos 1980, um italiano chamado Francesco Cirillo criou a chamada técnica Pomodoro para otimizar as atividades da faculdade que cursava. Curiosamente, o nome vem de “tomate” (em italiano, pomodoro) por causa da alusão feita ao famoso relógio de cozinha que contava o tempo de preparo das refeições.

A técnica é muito simples e consiste em fracionar o tempo de trabalho em etapas de 25 minutos aplicando intervalos breves entre eles (na casa do 3 minutos). Uma atividade, inclusive, pode ter várias etapas e ocupar 2h do seu dia, por exemplo. Mas, a cada 1h de trabalho é recomendado que se pare por pelo menos meia hora. Segundo Cirillo, esse intervalo maior serve para a oxigenar o cérebro e otimizar a agilidade mental.

Como colocar em prática?

 

  • Não tem o timer de cozinha? Escolha um aplicativo para te ajudar na contagem do tempo. Entre os mais famosos estão o Pomello, Be Focused e Tomato-timer. Confira o que está disponível na sua loja de apps.
  • Faça uma lista de todas as suas atividades do dia, colocando em ordem de importância. É crucial seguir o seu roteiro de to dos para não se perder.
  • Logo depois, programe o alarme de 25 minutos e capriche no foco. A intenção nesse passo é que você se desligue do mundo lá fora e dedique 100% desse tempo ao seu afazer.
  • Ao fim de cada etapa de 25 minutos, pare e anote o status atual daquele tópico – “em andamento” ou “concluído”, por exemplo. Isso é importante para uma retomada rápida do que você estava executando. Depois disso, faça uma pequena pausa, alongue-se, faça um exercício de respiração. O seu corpo e sua mente precisam se acostumar ao novo e saudável padrão.  
  • Como dissemos, ao fim de quatro etapas de 25 minutos, pause por um tempo maior para que sua mente volte ao estado de interesse do começo do dia.

Os coachs de carreira gostam bastante de métodos como esse. Eles ajudam o profissional a desenvolver foco, diminuir a ansiedade e gerir o próprio tempo da forma mais inteligente possível.

Mas ele pode servir, inclusive, para que cada um encontre o seu norte, afinal, as pessoas têm necessidades diferentes, e o Pomodoro pode ser o ponto de partida para que cada um entenda quanto tempo dispensa com as suas tarefas e qual é a melhor maneira de distribuí-las durante o dia. Encontre o seu ritmo!

Agora que você tem as ferramentas para otimizar o seu tempo, que tal retomar os planos daquela pós-graduação? Confira todas as opções aqui.

Conheça nossas faculdades