Ir para o conteúdo
Mercado de Trabalho

Guia da Enfermagem: principais tendências, mercado de trabalho e especialização

enfermagem: enfermeira cuidando de paciente

Quer saber mais sobre o ofício da enfermagem? A profissão ganhou ainda mais destaque desde que a pandemia de Covid-19 passou a afetar pessoas pelo mundo todo, evidenciando como os cuidados e práticas dos profissionais dessa área são essenciais para a vida. 

De acordo com o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) brasileiro, este mercado está em franca expansão. Entre as áreas de atuação de um enfermeiro, destacam-se quatro grandes campos: assistência direta ao paciente, gestão, docência e pesquisa e até mesmo empreendedorismo. 

A atuação em hospitais, unidades básicas de saúde e clínicas, em atendimento direto aos pacientes, é a mais comum e que primeiro vêm à mente dos candidatos. Pode compreender campos que necessitam de maior grau de especialização, como atendimento de emergência (SAMU), o home care, além de outros como a área de transplante de órgãos, que exige treinamento bem específico. Fora do atendimento em clínica geral, o enfermeiro também pode se dedicar às práticas relacionadas à nefrologia, cardiologia, obstetrícia, neonatologia, pediatria e geriatria, por exemplo.

Atuação fora dos hospitais

Já no que se refere à Gestão, cursar enfermagem garante postos de coordenação em hospitais e em todo tipo de unidade de atendimento médico, sejam elas públicas ou privadas. Secretarias de saúde de estados e municípios, além da gestão da profissão em universidades, seguem como outra alternativa. Existe ainda a possibilidade desse profissional usar seus conhecimentos para atuar na área de auditoria, tanto que vale ficar de olho em vagas relacionadas à Enfermagem do Trabalho ou Auditoria em Enfermagem, também no âmbito da gestão. 

Leia também: Enfermagem do Trabalho: como é o mercado na área?

Dar aulas também é um campo a ser explorado por quem se forma em enfermagem. Como toda profissão ligada à medicina, é preciso disposição para aprimoramento constante. E aí entra a importância de se contratar um bom profissional para vagas em docência. 

“Temos vivenciado no Brasil um crescimento significativo dos grupos de pesquisa, com incremento nas investigações de enfermagem e, consequentemente, um aumento da divulgação em periódicos científicos, bem como a qualificação dos pesquisadores e dos periódicos da área”, informa o Conselho Federal de Enfermagem sobre o crescimento dessa área específica de atuação do profissional enfermeiro. 

Também vinculadas às universidades, a prática de pesquisa no âmbito da enfermagem é outro destaque para quem deseja entrar no mercado. Enfermeiros que são também mestres e doutores se tornam uma realidade também na área médica brasileira. 

Por fim, há ainda a prática de enfermagem ligada ao empreendedorismo, que vem aumentando com o trabalho autônomo e deve ser considerada pelo estudante. Esta área compreende o atendimento em consultórios particulares, em domicílio, em cooperativas de trabalhadores, eventos ou prestação de serviços mais especializados, como a aplicação de vacinas, por exemplo, tão em alta no momento. 

Para praticamente quase toda área médica, é necessária a presença de uma profissional de enfermagem, seja para a esterilização de equipamentos hospitalares, por exemplo, até o transporte de pacientes. Em outras palavras, há bastante espaço para trabalhar. Basta escolher o que mais tem a ver com você. 

Gostou de saber mais sobre a atuação de quem trabalha com enfermagem? Se você está buscando fazer uma especialização, procure a Pós-Graduação Fama. Há opções de cursos de Pós com 6 ou 10 meses de duração. Conheça outras informações sobre a Enfermagem Fama e outros cursos na área de Saúde, Esporte e Estética.

Conheça nossas faculdades