Ir para o conteúdo
Mercado de Trabalho

O que é compliance e como atuar nessa área?

símbolos da área do Direito para ilustrar texto sobre o que é compliance

Empresas do mundo todo têm procurado cada vez mais se informar sobre o que é compliance, a fim de evitar que suas marcas sejam envolvidas em corrupção, seja na esfera política ou de negócios. Para isso, é fundamental que ela conte com profissionais especializados em compliance, capazes de incluí-lo no mindset da companhia toda, até que ele esteja presente em todas as práticas do dia a dia.

Para saber o que significa compliance, sua utilidade dentro das empresas e como você pode trabalhar nessa área, continue lendo o artigo.

O que é compliance e para que serve?

O termo compliance tem origem no verbo da língua inglesa “comply”, que significa se adequar a uma regra. No mundo corporativo, o significado de compliance está relacionado à conduta de uma companhia e à sua conformidade com as leis e regras de órgãos reguladores, tanto internos como externos.

banner de pós-graduação com até 60% de desconto

Desta forma, quando uma empresa tem uma área responsável por compliance, todas as pessoas, incluindo os colaboradores, fornecedores e todos os outros stakeholders devem se comportar e cumprir suas atividades e processos respeitando as leis estabelecidas.

Dentro de uma empresa, o compliance serve para:

  • Promover o aumento da transparência,
  • Reduzir as possibilidades de fraude;
  • Evitar ou reduzir prejuízos financeiros;
  • Evitar que a reputação da companhia seja afetada por corrupção ou qualquer outro tipo de prática ilegal ou desonesta.

Entre os principais benefícios desta prática está a gestão de riscos. Ela não apenas gerencia os riscos de compliance da companhia como também é o meio mais eficaz de evitar as perdas financeiras e implicações legais e de ajudar a construir maior confiança e credibilidade entre todos os seus trabalhadores, parceiros e a comunidade em geral.

Além disso, a gestão de riscos é uma área tão analítica que pode identificar oportunidades que farão com que uma empresa aumente muito a sua reputação de marca, como ao incluir a sua participação em regulamentações voluntárias. Em destaque, estão as relacionadas às causas ambientais e de sustentabilidade.

Leia também: Conheça cinco séries para quem faz pós-graduação em Direito

Por isso, é essencial que toda empresa que queira manter uma imagem e uma conduta excepcional não apenas tenha uma área de compliance, mas também esteja disposta a investir especificamente em uma área de gestão de riscos.

Como atuar na área de compliance

Bom, vimos que a área de compliance é cada vez mais essencial dentro de companhias de todas as indústrias e portes, ao redor do mundo todo. E o principal motivo é porque os riscos podem afetar diretamente suas finanças, logo isso faz com que essa área seja uma das que mais crescem e contratam no Brasil.

E se você tem interesse em atuar em compliance, saiba que pode escolher entre atuar na área jurídica ou financeira. Como especialista em compliance jurídico, você será responsável por garantir que, no dia a dia, as práticas da empresa estejam dentro das conformidades estabelecidas tanto por comitês internos como por órgãos externos e suas legislações. Se você for um profissional de compliance financeiro, deverá analisar e validar processos financeiros, garantindo que todas as operações estejam sendo feitas dentro da lei.

Mas afinal, como faço para atuar como especialista de compliance? Vimos acima que esse profissional precisa ter alguns conhecimentos de diferentes áreas, entre elas, direito, contabilidade, finanças, meio ambiente e sustentabilidade, por exemplo.

Para isso, você pode fazer uma pós-graduação em Compliance e Gestão de Risco. Durante o curso, os profissionais de diferentes áreas podem aprofundar seus conhecimentos e aprender mais com disciplinas como análise de cenários econômicos, cultura organizacional, gestão de riscos em projetos, ética em TI, prevenção de perdas e fraudes, entre outras.

Quem investe nesta especialização pode ter um salário médio de R$ 11 mil. Para iniciantes, o salário nessa área é de R$ 6.500 em média. Já quem tem mais tempo de experiência pode receber até R$ 15 mil, de acordo com o site VAGAS.com. Ou seja, vale a pena investir nessa pós-graduação.

E se você gostou de saber um pouco mais sobre o que é compliance dentro das empresas e sobre a especialização que te capacita para atuar como especialista, que tal fazer uma pós-graduação na área? Aproveite para conferir as bolsas Pós Anhanguera e ficar de olho nas campanhas promocionais.  

Conheça nossas faculdades