Ir para o conteúdo
Mercado de Trabalho

O que são os perfis comportamentais e como identificá-los

Você já conhece os principais perfis comportamentaisA análise de perfil comportamental é usada por muitas empresas para identificar as características de personalidade dos colaboradores e de possíveis contratações.

Com ela, é possível prever as aptidões de cada indivíduo e como será sua reação em determinadas condições, como em situações cotidianas, de relacionamento interpessoal e diante de conflitos. Esses dados podem auxiliar na hora de formar equipes, no planejamento e na construção do aprendizado individual e até mesmo para determinar cargos.  

blog banner desconto em pós-graduação

4 principais perfis comportamentais analisados no mercado de trabalho

Existem diversos testes para identificar esses perfis, cada um com sua própria metodologia. Porém, entre os perfis mais analisados, destacam-se o comunicador, o executor, o analista e o planejador.

Cada um carrega seus próprios traços de personalidade e é comum se encaixar em mais de um perfil, mas um deles será dominante e, portanto, o mais trabalhado durante o seu desenvolvimento. Então, vamos descobrir um pouco mais sobre eles!

1 – Perfil Comunicador

Como o título já diz, se trata de pessoas comunicativas, que têm facilidade de expressar seus pensamentos e ideias. Elas possuem forte poder de persuasão e se destacam pelo carisma e facilidade em dialogar. São otimistas, influenciadoras, receptivas e trabalham muito bem em equipe.

Além de serem bons mediadores em possíveis conflitos, mostram-se muito criativos no trabalho. Por outro lado, podem deixar a desejar quando o assunto é planejamento e análise, com tendências a promover mais do que podem entregar e dificuldade em seguir regras. 

2 – Perfil Executor

Decididos e diretos, os executores não se prendem a detalhes, são determinados, corajosos e buscam sempre encerrar as atividades a que deram início. Competitivos, adoram superar desafios e defender seu ponto de vista. São aqueles colaboradores que adoram dobrar metas e possuem foco em resultados.

Por isso, têm facilidade em contornar obstáculos e em concretizar seus objetivos. É comum que as pessoas que possuem esse perfil dominante escolham trabalhar de forma isolada e exibam comportamentos autoritários.

3 – Analista

Responsabilidade, organização e atenção aos detalhes são termos que não podem faltar na descrição dos analistas, que não costumam cometer erros. São minuciosos e preocupados, com grande facilidade em seguir rotinas e em se adaptar aos trabalhos padronizados.

Equipes com esse perfil tendem a ser mais precisas, atuam em mais de uma especialização e têm um olhar estratégico aos projetos e demandas.

Leia também: Comportamentos tóxicos no trabalho: quais são e como identificá-los?

É comum que esses profissionais gastem mais tempo que o necessário em determinadas situações, devido à grande preocupação com detalhes, além de baixas chances de tomadas de decisão e baixa inclinação a aspectos de liderança.

4 – Perfil Planejador

Pessoas que têm perfil planejador possuem diversas qualidades de um bom líder. Elas não costumam entrar em pânico, são pacientes e muito confiáveis. Constantes e controladas, são capazes de amenizar conflitos, têm prazer em ajudar os colegas e facilidade em criar e em analisar projetos.

Gostam de estipular rotinas, cronogramas e de manter a estabilidade. Porém, tendem a ser pessimistas e a agir com grande receio de que as coisas fujam do seu controle. Trata-se de um perfil com poucas características de inovação e capacidade de improviso.

Agora que você já conhece mais sobre os principais perfis comportamentais e como eles podem ser analisados no mercado de trabalho, pode identificar qual pós-graduação Pitágoras vai te ajudar a desenvolver ainda mais o seu perfil dominante. Aproveite!

Conheça nossas faculdades