Ir para o conteúdo
Você na Pós

Pós-graduação em arte-educação: por que investir nesse curso?

A arte está intrinsecamente ligada ao desenvolvimento das crianças. Do imaginário teatral das brincadeiras aos desenhos em folha sulfite, essas recreações contribuem para o amadurecimento cognitivo, motor e social dos pequenos. Muitos são os motivos que fazem da arte-educação — utilização da arte como ferramenta de ensino — um componente essencial no desenvolvimento infantil. 

E se você quer saber mais sobre as vantagens de especializar nessa área, está no lugar certo! Continue acompanhando a leitura.

Por que arte-educação?

A arte na escola adquire papéis que ultrapassam a função recreativa e de lazer. A disciplina oferece, através da conexão com as várias linguagens artísticas, uma oportunidade de reflexão crítica, de experimentação, de novas descobertas e contextualização sociocultural.

A dança, o teatro, a música e as artes visuais são linguagens capazes de articular saberes e de estimular a criatividade, assim como a autonomia, o trabalho em equipe, a leitura, a capacidade de produção, a intuição e a exteriorização de pensamentos e de sentimentos. 

Quando trabalhamos a arte-educação, estamos contribuindo para a interação crítica dos estudantes com a complexidade do mundo e favorecendo o respeito às diferenças e ao diálogo intercultural, pluriétnico e plurilíngue, fundamentais para a construção da cidadania.

Motivos para ensinar arte

Como falamos no início, muitos são os motivos que fazem da arte-educação um componente essencial de aprendizagem. Para comprovar isso, listamos alguns deles abaixo:

Autoconhecimento

Um dos principais objetivos da arte-educação é proporcionar o autoconhecimento, especialmente na infância, quando os alunos estão concebendo suas primeiras percepções do mundo. Quando uma criança ou um jovem é incentivado a fazer uma produção artística, ela precisa se reconhecer para acessar seus sentimentos e poder expressá-los. A arte é uma jornada pelas próprias limitações e potencialidades, que fortalece a autoconfiança e a empatia.

Mais que técnica, soft skills

Quanto mais cedo forem desenvolvidas as habilidades comportamentais nas crianças, maiores são as chances de que se tornem adultos com visão holística e consciente da sociedade. A arte não só trabalha a inteligência e o raciocínio, mas também o lado emocional e afetivo, as famosas soft skills, que, por vezes, ficam em segundo plano na educação.

Novas possibilidades

Ao entrar em contato com a arte, as crianças entendem que existem outras realidades e outras formas de expressão que podem ser benéficas em suas vidas. Isso as faz enxergar além do óbvio, questionar e adotar uma posição crítica em relação à realidade. A arte-educação sugere desafios e estimula, na mesma proporção, soluções criativas que podem ser aplicadas em sala de aula e na vida extraescolar.

Pós-graduação em arte-educação

O curso é destinado a educadores graduados de todas as áreas, assim como a bacharéis que buscam aprofundar conhecimentos no setor de arte e educação, envolvendo as linguagens das artes visuais, do teatro, da dança e da música.

A pós-graduação em arte-educação capacita educadores a operar as linguagens artísticas em seu dia a dia docente, habilitando-os para enfrentar os mais variados desafios do cotidiano. 

Leia também: Por que a especialização em Educação é tão importante para atuar na área?

Quem opta por essa especialização, adquire conhecimentos acerca dos processos e das técnicas para atuação em arte-educação e, também, em metodologias ativas de ensino que reafirmam a importância do desenvolvimento corporal e imagético no contexto escolar. 

Ficou interessado em fazer uma pós-graduação EAD em artes? Mais uma vez, você está no lugar certo! No Portal Pós, você encontra este e muitos outros cursos que vão impulsionar sua carreira como educador!

Conheça nossas faculdades