Ir para o conteúdo
Carreira em Pauta

Como se tornar um especialista? 6 dicas (a 4ª é a melhor)

como se tornar um especialista

Conseguir uma vaga de emprego em um mercado concorrido pode ser um desafio, não é mesmo? Os pré-requisitos estão cada vez mais exigentes e específicos, e uma forma de conseguir se destacar nos processos seletivos é descobrindo como se tornar um especialista na sua área de atuação.

Esse diferencial chama a atenção de recrutadores e companhias, que buscam profissionais com um alto grau de qualificação e querem atrair esses talentos. Todavia, ter um diploma de graduação não é o suficiente para se tornar um especialista e, no texto de hoje, você vai descobrir tudo sobre as etapas para atingir esse novo patamar na sua carreira.

O que é um especialista?

Vamos começar definindo o que é um profissional especialista. A partir do momento que você consegue o tão sonhado diploma da graduação, pode começar a sua vida profissional como formado, o que significa tomar uma série de decisões ao longo dos seus anos de trabalho.

Uma delas é escolher entre ser um profissional especialista ou generalista. No caso dos especialistas, eles são aqueles que se aprofundam em um tema específico em sua profissão, ou seja, se especializam em um assunto e seguem um foco em particular em suas carreiras. Eles estão cada vez mais valorizados pelo mercado. 

Optar por essa possibilidade significa caminhar para alcançar cargos mais altos, salários diferenciados, relevância, reconhecimento na sua área e destaque em qualquer processo seletivo. Como as empresas precisam de colaboradores com um alto grau de especialização técnica, tudo isso será possível quando você se tornar um especialista.

É uma escolha promissora, concorda? Para entender melhor como ser especialista, continue lendo os tópicos abaixo.

Como se tornar um especialista?

Você deve estar se perguntando, agora, como se tornar um especialista em algo. Para te ajudar, organizamos uma lista com 6 dicas para você se tornar referência na sua área.

1 – Escolha uma área específica de atuação

Depois de se formar na graduação e ingressar no mercado formal de trabalho, chegou a hora de começar a avaliar as suas opções de especializações. Faça essa escolha no tempo que achar apropriado, mas não se esqueça da sua importância para, um dia, se tornar uma autoridade em sua profissão.

Para tomar essa decisão, avalie o futuro da sua área, preste atenção nos assuntos mais promissores, relembre o que fazia seus olhos brilharem na época da faculdade, identifique no que você tem facilidade, as atividades de trabalho que mais gosta de fazer e seus objetivos para as próximas décadas.

Tudo isso vai te ajudar a identificar o tema que será o foco da sua especialização.

2 – Mantenha-se sempre atualizado

Com tantas mudanças ocorrendo todos os dias, é importante se programar para estar sempre atualizado na sua área. Isso vale tanto para o assunto em que você vai se especializar quanto para a profissão no geral, já que é essencial dominar o básico antes de partir para os próximos passos.

Participar de eventos, congressos e cursos de reciclagem é uma ótima forma de se manter a par das tendências, assim como acompanhar os fóruns de discussões da profissão, estar em contato com profissionais que promovem debates e ficar de olho no que é conversado nas instituições de ensino superior.

3 – Tenha profissionais de referência

O próximo passo é identificar os profissionais especialistas que são referência no mercado, e acompanhá-los de perto. Ter essa inspiração é fundamental para que você se mantenha motivado e consiga entender o que você precisa fazer para chegar até o nível deles.

Para isso, não deixe de atender a eventos em que eles vão palestrar, acompanhar a presença nas redes sociais, como o LinkedIn, e até mesmo fazer um contato mais direto. A troca profissional envolvida em conversas e debates é riquíssima, e vai te fornecer ainda mais informações para ajustar o seu plano de carreira e objetivos futuros.

4 – Invista em uma pós-graduação

Ser oficialmente um especialista significa ter uma pós-graduação, e isso já é motivo o suficiente para investir em uma, não é? Mas além disso, fazer uma pós é a maneira mais efetiva de se especializar em um tema, porque você passará por uma imersão, com um corpo docente altamente qualificado e conteúdo de excelência, para conquistar esse título.

Hoje em dia, as opções para profissionais que querem se dedicar a uma especialização são extensas, incluindo a possibilidade de estudar a distância. Com cursos desenvolvidos para estudantes que precisam de mais flexibilidade, eles podem ser acessados a qualquer momento, te transformando em um especialista em 6 ou 10 meses. Rápido e eficiente, concorda?

Após a conclusão da pós, você poderá inserir o curso no seu currículo, imediatamente chamando a atenção de recrutadores e garantindo que a sua candidatura não vai passar despercebida por ninguém.

5 – Não se esqueça do networking

Ter uma boa rede de contatos vai te ajudar em diversas facetas da busca por ser um especialista, sabia? Se relacionando com profissionais que já são “experts”, você vai aprender muito, ter acesso às novidades do mercado, conseguir reconhecimento como um especialista e até mesmo alcançar oportunidades.

Como esses profissionais estão na área, eles podem te indicar para vagas, avisar de novos eventos e conferências e até mesmo te apresentar para dar cursos e ser palestrante.

6 – Pratique o tempo todo e aprenda com seus erros

Com tanta bagagem acadêmica e informações do mercado, você precisa colocar a mão na massa e praticar. Se aproxime do setor da sua especialização no seu emprego, caso ainda não esteja oficialmente na área, peça para participar de mais projetos, acompanhe colegas mais velhos e aposte em projetos pessoais para adquirir experiências práticas.

Quem pode ser chamado de especialista?

Popularmente, todos os profissionais que possuem um alto conhecimento e longa experiência em uma área em especial são chamados de especialistas. Mas você sabia que nem todos podem usar a nomenclatura como um título oficial?

Como adiantamos acima, na maioria das profissões, apenas aqueles que concluíram uma pós-graduação podem usar o título de especialistas. Isso acontece porque a emissão de um certificado de conclusão de uma pós garante a titulação como especialista, o que faz toda a diferença no mercado de trabalho.

Depois de todas as informações sobre como se tornar um especialista, você já está pronto para se inscrever em uma especialização e começar a sua caminhada rumo ao título oficial. Então, o que está esperando para começar? Aproveite as opções de pós-graduação EAD e tenha a possibilidade de estudar onde e quando quiser, unindo adaptabilidade com ascensão profissional.

Autor: Equipe Blog Portal Pós

O blog do Portal Pós traz conteúdos sobre carreira, mercado de trabalho, tendências e inovação. Aqui você também encontra textos sobre crescimento pessoal, curiosidades e tudo que envolve o mundo da pós-graduação.

Conheça nossas faculdades