Ir para o conteúdo
Carreira em Pauta

Como contribuir em reuniões sem ser rude, segundo mentora de carreira

Contribuir em reuniões é sempre um ponto positivo. Expor as suas ideias, pontos de vista e sugerir soluções pode ajudar a te dar um destaque entre os outros participantes, inclusive os gestores. 

Além disso, esses encontros de trabalho são capazes de ampliar e fortalecer atitudes e comportamentos mais assertivos, promovendo mudanças e desenvolvendo a confiança entre os funcionários, ressaltando a participação de cada um dos integrantes para que a empresa alcance suas metas e objetivos.

blog banner desconto em pós-graduação

Como contribuir em reuniões?

Muitas vezes, a forma como se faz uma colocação em reuniões pode acabar soando com arrogância. Seja por conta do tom de voz ou na forma de falar. É aí que a mentora de carreira, consultora em desenvolvimento humano e influenciadora digital Paula Boarin entra.

Nas redes sociais, especialmente o TikTok e LinkedIn, ela dá dicas de como se portar no ambiente de trabalho, inclusive na hora de contribuir em reuniões sem ser rude ou soar com arrogância. E nós te explicamos tudo!

A sugestão da profissional é bastante simples: substitua as palavras. Em vez de simplesmente colocar a sua opinião na mesa, pense em frases que adicionem ao que foi dito. Por exemplo:  “João, me permite acrescentar….?”, “Complementando/contribuindo com o que a Maria trouxe…”, “Reforço o que o José falou e acredito que também…”. 

Essas três frases são sugestões que possuem estruturas para acrescentar às informações anteriores e ainda soam de uma forma educada, ou seja, sem ser rude. 

Outras atitudes para não soar rude

Você sabia que existem outras formas de contribuir em reuniões que não é apenas falar? Algumas dessas boas atitudes incluem sempre ter uma pauta a ser discutida e um objetivo claro, não atrasar e, caso você não esteja apresentando, mantenha o contato visual com quem está falando. Quer saber por que elas soam rudes? Nós te explicamos!

1 –  Faça um planejamento prévio

É comum que os profissionais agendem uma reunião esperando que as soluções sejam encontradas como mágica e os problemas se resolvam. Porém, isso não vai acontecer se a pessoa que está guiando esse encontro não tiver ideia do que está fazendo. Daí a importância de ter uma pauta definida. 

Não saber qual é o objetivo faz com que você pareça despreparado e, também, acaba sendo bastante rude com os demais colaboradores que separaram um espaço na agenda para participar da reunião.

Comece planejando o tempo que será gasto com a apresentação, como o assunto será abordado para que todos os presentes tenham uma visão clara do acontecido e o momento que deverá ser usado para a discussão da solução e com a definição dos próximos passos.

Leia também: Como ser bem visto no trabalho: 7 truques para colocar em prática

Além disso, se o planejamento é tão importante, atrasar é uma atitude negativa que não contribui em nada para as reuniões. Como essas discussões costumam ser marcadas com antecedência, é importante confirmar o horário e se planejar para estar no local (ou online, em caso de videochamadas) com alguns minutos de antecedência.

Nesse caso, conte sempre com imprevistos: é comum ter que enfrentar filas ou o trânsito, mas, se você estiver adiantado, não precisará se preocupar com atrasos. 

2 – Mantenha o contato visual com quem está falando

Muitas pessoas, preocupadas em anotar cada palavra que está sendo dita durante a reunião, não tiram os olhos de seu notebook ou do caderno enquanto alguém está contribuindo com a discussão. Outras vezes isto não ocorre por falta de atenção ou até mesmo porque os colaboradores estão distraídos.

Independente do motivo, essa atitude gera percepções bastante negativas aos envolvidos. Isso quer dizer que você pode ser mal interpretado e até não ser chamado para uma próxima reunião porque se fez parecer desinteressado. 

A solução nesse caso não é deixar as anotações de lado, mas fazer isso alternando o olhar entre o que está escrevendo e quem está falando no momento. Se possível, balance a cabeça confirmando que está compreendendo o que está sendo dito. 

3 – Foque a sua atenção na reunião

Além de olhar para quem está falando, não se deve ficar ao celular, responder a e-mails, mandar mensagens ou realizar qualquer outra atividade de trabalho naquele momento. Primeiro porque é impossível prestar atenção em tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo e, em segundo lugar, porque é desagradável. 

Se você foi convidado a participar e contribuir em reuniões quer dizer que a sua presença é essencial e você deve estar 100% ali para realmente acrescentar na discussão. 

Outro fator é manter o foco no assunto. Não pergunte sobre as férias, família ou faça comentários pessoais depois que a reunião já foi iniciada. As piadas durante o encontro ou os assuntos fora do contexto dispersam os participantes e consomem grande parte do tempo determinado no planejamento já mencionado. 

Aproveite e conheça cursos de pós-graduação EAD em 6 meses que vão transformar a sua carreira. 

Conheça nossas faculdades