Ir para o conteúdo
Carreira em Pauta

9 perguntas feitas na entrevista com RH (e suas respostas)

entrevista com RH

A entrevista com RH é sempre um momento de tensão, no qual o candidato fica apreensivo desde horas antes, com medo de não estar preparado, já pensando nas possíveis perguntas que precisará responder.

Ao se preparar para a entrevista, você precisa prever quais são os questionamentos feitos pelo entrevistador e elaborar uma linha de raciocínio para responder cada uma dessas perguntas. Não se trata de decorar respostas, mas, sim, planejar quais pontos você vai querer ressaltar. 

banner com a mensagem: invista em você com a pós-graduação EAD. Confira as ofertas e matricule-se.

Neste artigo, apresentamos 10 questões comuns nesses processos, assim como as melhores estratégias de resposta para cada uma delas. 

Isso não quer dizer que você precisa responder exatamente como descrevemos, ou que todas essas perguntas serão feitas a você. Este é um guia cujo objetivo é elaborar a melhor performance possível nas situações descritas. 

10 perguntas comuns em entrevista com RH (e como respondê-las)

1 – Por que você deseja trabalhar na nossa empresa?

Uma das perguntas mais clássicas. Nesta hora, a resposta mais segura é levantar pontos que provem que o seu perfil profissional combina com o procurado pela empresa, além de listar valores pessoais que sejam compatíveis com a política da empresa. 

Para isso, você vai precisar estudar a empresa, sua história e os valores que ela preza nas suas políticas de contratação e produção. É uma ótima oportunidade para você analisar e refletir se você realmente se identifica com a organização e se vai se sentir bem trabalhando naquele ambiente. 

2 – Qual é seu maior defeito?

Se você pensou em perfeccionismo, pode esquecer. Esta resposta é muito batida e só demonstra que você gosta de ficar na zona de conforto durante a entrevista.

O ideal é pensar nas habilidades que você acredita que ainda precisa aprimorar e citar elas como resposta. Isso ajuda o entrevistador a identificar se são características que vão prejudicar sua performance na vaga oferecida e até mesmo refletir se a empresa pode contribuir de alguma forma no fortalecimento dessas skills

Para complementar e não passar a impressão que você está conformado com seus “defeitos”, você pode citar ações que você pratica para aprimorar essas habilidades, demonstrando que você se preocupa com o seu desenvolvimento profissional.

3 – Você trabalha bem em equipe?

Em raríssimas exceções você trabalhará sozinho, sem precisar interagir com colegas para executar suas atividades, logo esta pergunta é muito importante para o entrevistador. 

Neste momento, você pode apontar situações que te incomodam no trabalho em equipe, como má comunicação entre os integrantes do time, mas nunca dar a entender que você não gosta de trabalhar colaborativamente. 

4 – Fale um pouco suas experiências profissionais

No momento de descrever suas experiências, comece pelas mais interessantes, sendo o mais descritivo possível, e apenas cite brevemente as experiências que você não acredita acrescentar muito à sua carreira. 

Fale sobre suas conquistas profissionais, os projetos importantes com os quais colaborou e os cargos pelos quais você passou. Quanto melhor o recrutador conhecer sua trajetória, mais claramente ele conseguirá entender sua importância para a empresa.

5 – Quais são suas melhores habilidades?

Nessa questão, é necessário responder o básico: aproveite o tempo para listar todas as qualidades profissionais que você possui. 

Evidencie ao máximo suas soft e hard skills, procurando priorizar as habilidades que melhor combinam com o perfil exigido pela vaga. O objetivo é demonstrar o quanto você pode ser fundamental para a empresa.

6 – Quais são seus objetivos na empresa?

Não basta responder só “ajudar a empresa a crescer e também aprender com meus novos colegas”. Você precisa de uma resposta mais assertiva do que abrangente como essa nesta situação, portanto seja direto. 

Procure dar como resposta algo que o empregador espera de alguém na sua função. Para isso, estude os princípios e objetivos da empresa, e entenda como você pode casar suas ambições com o que será exigido de você. 

É importante ser assertivo nas respostas. Ao invés de responder que você deseja ajudar a empresa a crescer, por exemplo, diga que tem como objetivo colaborar para que a empresa se popularize em determinada faixa de clientes ou atingir determinada meta de arrecadação anual. 

7 – Quais são suas formações?

Muitos empregadores esperam que seus profissionais tenham algo além da formação universitária. Nesse momento, é a hora de explorar suas especializações, cursos de capacitação, domínio de idiomas e qualquer habilidade adquirida através do estudo. Cursos livres também entram nessa conta.

8 – Por qual motivo devo te contratar?

Essa é a hora de você “vender seu peixe” e convencer o recrutador a te contratar!

Para se mostrar um candidato preparado, cite problemas cotidianos que a empresa possa enfrentar e como você pode usar seus pontos fortes para ajudá-los a resolver esses desafios, por exemplo. 

Uma outra boa resposta é relembrar suas principais conquistas e mostrar ao empregador como você poderá fazer o mesmo ou até melhor na empresa dele, reforçando a ideia de que contratá-lo seria ter um talento vitorioso presente na equipe. 

Independente da resposta, você precisa demonstrar animação em fazer parte do projeto, e não tratar a entrevista como se fosse apenas mais uma entre tantas oportunidades. Isso faz uma enorme diferença no resultado final.

9 – Qual sua expectativa de carreira daqui X anos?

Esta pergunta sempre está presente, mesmo que variando a quantidade de anos. Tem como objetivo avaliar sua perspectiva futura e saber se você enxerga a longo prazo ou é um profissional que se preocupa apenas com a situação presente. 

Ter essa perspectiva é sempre muito bom, pois demonstra que você é ambicioso e tem um objetivo maior do que apenas ganhar dinheiro e ter um emprego. 

Por este motivo, faça um planejamento de carreira e saiba exatamente quais são as metas que você precisa atingir para chegar onde deseja ao fim da sua jornada. Compartilhe essa perspectiva com o entrevistador, para que ele veja o quanto a empresa dele também tem um papel fundamental na sua carreira.

Autor: Equipe Blog Portal Pós

O blog do Portal Pós traz conteúdos sobre carreira, mercado de trabalho, tendências e inovação. Aqui você também encontra textos sobre crescimento pessoal, curiosidades e tudo que envolve o mundo da pós-graduação.

Conheça nossas faculdades