Ir para o conteúdo
Tendências e Inovação

O que é Inteligência Artificial: conceito e exemplos

o que é inteligência artificial

Você já usou biometria ou reconhecimento facial para desbloquear o celular, já fez compras online ou até usou aqueles filtros divertidos nas suas fotos em redes sociais? Se a resposta é sim, mesmo não sabendo o que é inteligência artificial, você já faz uso dela e sabe que ela está mais próxima da sua realidade do que imagina.

Embora este termo já esteja sendo usado há décadas, graças à cultura pop e ao cinema, sempre houve dúvidas se a inteligência artificial (IA) iria realmente salvar o mundo ou se iria dar início ao fim da civilização. Mas deixando de lado o estereótipo criado por Hollywood, o fato é que a AI não é nada assustadora: já transformou a forma como vivemos e ainda tem um potencial de desenvolvimento imensurável.

Neste artigo, vamos te mostrar qual o significado de inteligência artificial, as tecnologias que são usadas para que ela seja aplicada e o seu impacto no desenvolvimento da sociedade. Para entender melhor, continue a leitura.

O que significa inteligência artificial

A inteligência artificial é a habilidade que as máquinas têm de interpretar dados e agir de forma inteligente, ou seja, elas podem tomar decisões e executar tarefas com base em informações, mais ou menos como nós, humanos, fazemos.

banner de pós-graduação com até 60% de desconto

Apesar de começar a ser usada na década de 50, tem se tornado mais popular nos últimos anos, graças ao aumento do volume de dados gerados pelas atividades online, algoritmos e melhorias na capacidade de armazenamento dos computadores.

E se no início das pesquisas em IA o objetivo era a resolução de problemas e os métodos simbólicos, na década seguinte ela já estava sendo usada pelo exército americano para treinar computadores para imitarem o raciocínio humano básico.

Em 2003, quando Apple e Amazon ainda nem pensavam em criar a Siri ou Alexa, o governo americano já estava desenvolvendo assistentes pessoais inteligentes. Estes trabalhos todos abriram os caminhos para a automação, a tomada de decisão e o raciocínio que podemos ver nas máquinas nos dias de hoje.

Quais são os ramos da inteligência artificial

A inteligência artificial combina quantidades enormes de dados com processos repetitivos e algoritmos inteligentes. Dessa forma o software pode se tornar capaz de aprender de forma automática a partir de padrões ou características dos dados. Para que isso aconteça, ela precisa de muitos métodos, teorias e tecnologias. Estas abaixo são algumas delas:

Machine Learning (ML): também conhecido como aprendizagem de máquinas, é a tecnologia que faz com que os computadores realizem uma tarefa sem que ele seja explicitamente programado.

Deep learning: esta tecnologia usa grandes redes neurais, com três ou mais camadas de processamento. Elas tentam simular o comportamento do cérebro humano e aprender a partir de uma grande quantidade de dados. O reconhecimento de imagens é um exemplo de uso do deep learning.

Processamento de Linguagem Natural (PLN): é o campo da IA que dá aos computadores a capacidade de analisar, entender e gerar a linguagem humana, incluindo a fala.

Estes três ramos são as principais tecnologias que permitem que a inteligência artificial esteja cada vez mais próxima de nós em serviços e dispositivos como os que veremos a seguir.

Afinal, o que é Inteligência Artificial na prática?

Cada indústria tem uma alta demanda de habilidades da IA. Estas são algumas das formas em que podemos vê-la sendo usada na prática:

E-commerce: já reparou que quando você faz compras em uma loja online, ela te faz recomendações personalizadas de produtos? Essas recomendações são feitas a partir de buscas e compras passadas ou no seu comportamento na internet. Ou seja, a máquina aprende o que você gosta e os seus interesses para poder te mostrar um produto o qual você tem grandes chances de comprar.

Na saúde: durante a pandemia, alguns aeroportos usaram imagens térmicas para identificar passageiros com temperatura que poderiam indicar febre. Nos hospitais, a tomografia computadorizada ajuda a encontrar infecções pulmonares.

Mecanismos de buscas: buscadores como Google e Yahoo aprendem através de dados para mostrar os resultados que são mais relevantes para cada usuário.

Em cidades e casas inteligentes: alguns termostatos inteligentes aprendem a economizar energia através do seu comportamento dentro de casa. Já em cidades inteligentes, a conectividade pode ser utilizada para regular o trânsito e evitar engarrafamentos.

Ferramentas de tradução: ferramentas como o Google Tradutor e outros softwares semelhantes, sejam escritas ou faladas, usam a IA para fazer traduções e melhorá-las através do aprendizado. O mesmo serve para as legendas geradas automaticamente em vídeos como os do Youtube.

Esperamos que este artigo tenha te ajudado a compreender melhor o que é inteligência artificial, como ela tem se desenvolvido ao longo do tempo e como ela está transformando as indústrias e as nossas vidas. E se você se interessa por tecnologia e inovação, que tal fazer uma pós-graduação Pitágoras? Você atualiza seus conhecimentos na área e garante sua carreira, estudando de onde estiver, com toda a comodidade e economia que só uma pós-graduação online pode proporcionar. Escolha hoje o curso de pós-graduação.

Conheça nossas faculdades