Ir para o conteúdo
Você na Pós

Pós em Serviço Social: entenda como funciona a especialização

Mãos juntas para representar a área de Serviço Social

A área de Serviço Social é essencial para o mundo em que vivemos hoje. Ela compreende diversas formas de atuar na sociedade e engloba setores-chave como o da saúde, da educação, o empresarial, além de ONGs e entidades filantrópicas. Isso tanto no âmbito público quanto privado. 

Os profissionais que praticam o serviço social identificam, combatem e buscam saídas para questões sociais complexas, como a desigualdade social, as condições de vida de uma comunidade, o acesso à saúde ou ao ensino, agindo de forma coletiva ou individual, dependendo da abordagem escolhida. O assistente social pode ainda optar pela área da docência e atuar em escolas e universidades tanto lecionando quanto na área de pesquisa. 

Trata-se de uma carreira que exige alto grau de empatia pela vivência do outro e capacidade de resiliência para enfrentar e mudar estruturas que, às vezes, funcionam de forma problemática por muito tempo. Também exige formação multidisciplinar, olhar crítico e interventivo. Isso significa que o profissional de Serviço Social é capaz de transformar a vida de pessoas e até de famílias inteiras. 

Para atuar no Serviço Social, é preciso ter registro no Conselho Regional de Serviço Social (CRESS), que regulamenta a profissão, pois há contato direto com pessoas em situação de vulnerabilidade. Creches, abrigos, centros de convivência, secretarias municipais ou estaduais de assistência social, órgãos de proteção jurídica, conselhos tutelares, presídios e movimentos sociais precisam de indivíduos com essa formação em seus quadros. 

Especialização em Serviço Social

O trabalho do assistente social gera impacto direto na qualidade de vida das pessoas por ele assistidas. Isso porque ele atua com planejamento, implementando, coordenando e avaliando as melhores práticas e políticas para desenvolver projetos sociais. Por exemplo, uma campanha de combate à violência doméstica, dentro de uma comunidade, precisa da execução de um assistente social para existir. É essa pessoa que dará o primeiro atendimento, tirará dúvidas e saberá a melhor maneira de abordar as pessoas do entorno sobre o tema em questão. 

Leia também: Serviço Social: Como é o mercado para o profissional da área

Por ser uma área com diferentes frentes de atuação, o profissional que deseja se destacar e aprimorar seus conhecimentos deve apostar em uma pós-graduação. A especialização é essencial para tornar-se um especialista em uma determinada área. Entre elas, você pode escolher entre Serviço Social em Saúde Coletiva, Instrumentalidade em Serviço Social, bem como a própria pós Gestão de Projetos Sociais, que qualifica o profissional para compreender o gerenciamento de políticas públicas e privadas. Ela também desenvolve a capacidade de planejar e implementar projetos que fazem a diferença na sociedade. 

A pós-graduação em Serviço Social desenvolve a habilidade dos estudantes para compreender problemas da sociedade e entender demandas, bem como de promover o bem-estar físico, psicológico e social do indivíduo ou do grupo atendido. Destacam-se na área da assistência social os trabalhos voltados especificamente para grupos como crianças, adolescentes e idosos, que comumente estão suscetíveis a situações de maior risco ou abandono. 

E você, acha que se encaixa neste perfil profissional? Quer atualizar seus conhecimentos na área de Serviço Social? Conheça mais sobre a Pós-Graduação EAD  e encontre o que procura para complementar sua formação. Conheça as opções da Pós Unime e se torne um especialista.

Conheça nossas faculdades