Ir para o conteúdo
Carreira em Pauta

Como organizar ideias em projetos efetivos?

É comum termos muitas ideias ao longo da nossa vida, mas, na hora de executá-las, sabemos que são realmente poucas às que damos andamento, não é mesmo? Seja por falta de tempo, pelo excesso de dúvidas, falta de organização ou simplesmente de criatividade, grande parte das nossas ideias acabam ficando “engavetadas” e não viram projetos efetivos.

Fato é que isso pode ser um processo natural para alguns ou uma situação frustrante para outros. Se este for seu caso, para acabar com esses episódios e fazer com que as suas ideias saiam do papel, separamos algumas dicas fundamentais. Confira a abaixo!

Separe o urgente do importante

A primeira coisa para conseguir dar andamento a projetos efetivos é separar o que é urgente do que é importante. Em grande parte dos nossos dias, as demandas que surgem como urgentes acabam entrando na frente do que realmente importa para você. É dessa maneira que aquele desejo de tentar algo novo ou concluir alguma iniciativa pendente vai sendo deixado para trás. Não permita que isso aconteça. O ideal é que você separe um tempo para pensar naquilo que considera importante para a sua vida, jornada e essência. 

É preciso priorizar e organizar as tarefas diariamente e, inclusive, identificar se algo é realmente urgente ou se está relacionado a uma ansiedade momentânea. Muitas pessoas confundem agilidade com urgência, sendo que são caminhos opostos. Concretizar um projeto de forma ágil é mais sobre fazer algo da melhor forma possível, com a melhor estrutura possível, evitando refações, do que algo feito extremamente rápido, ok?

Limpe sua mente e pratique a atenção plena

Um cérebro bagunçado é um vilão para a produtividade. Após reservar um tempo para se dedicar às suas ideias, é importante que você esteja totalmente presente ali. Esteja consciente do que você está fazendo e não deixe a mente vagar. Concentre-se no presente, no lugar em que está e no que deseja com isso. Praticar técnicas de Mindfulness ajuda a ter foco nesse momento de preparação e de análise e, consequentemente, nas próximas etapas.

Faça uma imersão em referências  

Para dar início àquela ideia genial, você também precisa de inspirações, ou melhor, de referências. Acredite, boas referências mudam tudo. É neste momento que você vai alimentar sua criatividade e o seu desejo de fazer algo novo. O truque é procurar as mais variadas referências possíveis. Vale até mesmo dar uma olhada naquelas que você acredita não combinarem com a identidade da sua proposta. Afinal, saber o que não se quer fazer também ajuda a identificar o que se quer alcançar. Além disso, lembre-se de se atentar aos detalhes, pois eles podem se desdobrar em visões maiores.

Filtre as informações mais relevantes 

Este é o momento de medir os esforços e identificar por qual caminho seguir, quanto tempo precisa e o que precisa. É o espaço para fazer uma revisão periódica do programa e entender quais são as prioridades. David Allen, consultor e instrutor renomado em produtividade, em seu método Getting Things Done, fala muito sobre como fazer uma análise após anotar todas as informações relevantes de suas ideias colabora com o desenvolvimento de projetos efetivos. 

Em sua teoria abordada no livro A Arte de Fazer Acontecer, de 2001, ele aponta que o segredo do sucesso para realizar atividades proativas está em cinco passos: capturar, esclarecer, organizar, refletir e fazer. Portanto, ao longo desse processo, perceba como personalizar a sua essência e identificar o seu propósito. Assim, o seu projeto acontecerá ainda mais fluidamente.

Tenha visibilidade para alcançar projetos efetivos

Por fim, com suas perspectivas alinhadas, separe suas metas por etapas. Ter visibilidade é uma maneira de melhorar a produtividade e a efetividade das suas ações. Neste sentido, blocos de notas, post-its e ferramentas como o Trello podem ajudar. O objetivo é que cada fase fique separada em uma coluna com cards específicos e, nesses espaços, fiquem orientações e detalhamentos do que precisa ser feito. Inclusive, lá você também pode anexar suas referências, datas e prazos para o desenvolvimento, além dos checklists para cada meta concretizada.

E aí, você está preparado para engatar aquele seu projeto dos sonhos? Não espere mais! Para acontecer, você só precisa de uma iniciativa que levará a outras! Além desses passos de gerenciamento, você também pode apostar em uma pós-graduação que mudará a sua jornada. Conheça as opções de Pós Unopar e veja qual combina mais com você!

Conheça nossas faculdades