Ir para o conteúdo
Mercado de Trabalho

Raciocínio lógico: por que desenvolver essa habilidade?

mão montando bloco para ilustrar texto sobre raciocínio lógico

Qual é a primeira coisa que vem na sua cabeça quando falamos em raciocínio lógico? Provavelmente o seu cérebro já faz associação com matemática, né? Devido a essa associação, muitas pessoas não dão a devida atenção para essa habilidade, que já é considerada uma das habilidades do futuro. 

Desenvolver o pensamento lógico tem grande influência nas atividades profissionais, além de proporcionar melhor desempenho e fortalecer a saúde mental. Assim, independentemente da profissão e área de atuação, pensar e raciocinar de maneira crítica são competências com uma grande diferenciação. Afinal, o que é essa habilidade?

banner de pós-graduação com até 60% de desconto

O que é raciocínio lógico?

O raciocínio lógico é sempre associado aos cálculos, mas o que poucos sabem é que sua origem é filosófica. Conforme o tempo foi passando e as áreas de conhecimento foram sendo desenvolvidas, a lógica passou a ser usada para resolver conflitos da existência humana e Aristóteles foi o primeiro a realizar trabalhos nessa área.

O termo é sobre a capacidade de organizar dados através das premissas válidas para chegar a uma conclusão. Essa habilidade tem ligação direta no poder de argumentação e persuasão, e é uma das mais necessárias para os profissionais do futuro.

Quando usamos o raciocínio lógico?

Sempre que precisamos resolver um problema de maneira sequencial ou criar uma argumentação usamos essa habilidade. Além disso, esse raciocínio evita uma taxa menor de erro e é por isso que existe a importância em desenvolvê-lo o quanto antes.

No dia a dia, essas competências e habilidades de raciocínio lógico são importantes para identificar propagandas enganosas, notícias tendenciosas ou falsas, e discursos mal intencionados de políticos. Já no universo profissional, essa habilidade é importante para identificar truques do mercado, pensar em estratégias para captar clientes e melhorar o seu poder de argumentação e persuasão.

Pensar logicamente é uma habilidade que permite que os indivíduos elaborem argumentos válidos, convincentes e importantes para conquistar a confiança de clientes, equipes, chefes e colegas de trabalho.

A importância em desenvolver o raciocínio lógico

Com essa característica, é possível desenvolver a capacidade de criar e interpretar diversas situações no cotidiano, influenciando em resultados positivos. Os avanços tecnológicos estão cada vez mais rápidos e frequentes e as pessoas já estão sendo substituídas por inteligência artificial, por isso é importante treinar essa habilidade do futuro.

Leia também: Resolução de problemas: qual a importância dessa habilidade?

Além da importância profissional, essa competência ajuda em todas as áreas das nossas vidas e tende a criar um destaque entre os demais profissionais, podendo dobrar suas chances no mercado.

Como desenvolver essa habilidade?

Pode parecer mentira, mas algumas atividades que são realizadas como lazer poderão ser úteis para estimular e aprimorar o seu raciocínio lógico. Algumas dessas ações aumentam a capacidade de atenção e estimulam o raciocínio abdutivo, que é aquele que permite prever e explicar situações.

Essas atividades também podem melhorar o raciocínio inferencial, que é sobre a capacidade de tirar conclusões com base nas situações presentes e estimular a busca por hipóteses e memórias. Muitos são os benefícios ao desenvolver essa habilidade, como:

  • Facilidade para resolver problemas do dia a dia;
  • Capacidade em tomar decisões difíceis;
  • Facilidade nos estudos a aprendizado.

Abaixo, trouxemos algumas sugestões de atividades para te ajudar no desenvolvimento das competências e habilidades de raciocínio lógico:

1 – Jogos de tabuleiro

Esses jogos são estimulantes quando o assunto é lógica e estratégia, pois estimulam o pensamento estratégico e a capacidade de prever o que o oponente pode fazer.

2 – Assista filmes

Assistir filmes pode te ajudar nessa missão, mas fuja dos filmes fáceis e busque por aqueles que nos fazem pensar. Mais conhecido como “cinema inteligente”, esses tipos de histórias levam os espectadores a ter contato com os enredos, que são densos, e estimulam o pensamento. As histórias desses longas não são óbvias e deixam sempre dúvidas e a necessidade de discutir sobre.

3 – Leia livros

A leitura atua em diversos pontos como concentração, atenção e memória, e auxilia na construção de um raciocínio dedutivo por estimular o leitor a tirar conclusões e incentivar a busca por hipóteses. 

4 – Jogos de cartas

Pôquer e bridge são ótimas opções para quem busca desenvolver essa competência, pois nesses dois jogos a estratégia é um dos fatores mais importantes. No caso do pôquer, o “blefe” permite ao jogador confundir o seu oponente e, assim, ter uma estratégia e calcular probabilidades, e é nesse momento que acontece o estímulo do pensamento lógico.

5 – Cubo mágico

Se você já tentou solucionar um cubo mágico sabe a dificuldade que é deixar todas as cores nos lugares certos, né? Por isso, muitos especialistas recomendam que as pessoas tentem solucionar pelo menos um cubo mágico, devido ao alto nível de concentração, memória e raciocínio que a “brincadeira” requer.

Além dos jogos, livros e filmes, desenvolver o raciocínio lógico também requer estudo e dedicação, assim como a maioria das habilidades do futuro. Existem diversos cursos de pós-graduação que podem te ajudar a evoluir nessa competência e impulsionar a sua carreira.

Conheça nossas faculdades