Ir para o conteúdo
Curiosidades

Coronavírus: cinco tendências pós pandemia

tendências pós-pandemia

Está visivelmente comprovado de que o mundo não é e nem continuará o mesmo após a pandemia do coronavírus. Novos modelos de trabalho, estudo, vivência e comportamento, foram inseridos às sociedades e adaptações foram necessárias em diversas áreas. No entanto, com eles, surgiram também tendências pós-pandemia que devem perdurar e ser aprimoradas para aumentar a qualidade de vida da população mundial.

Muitas dessas tendências, inclusive, incidem diretamente em novos cursos, modelos de aprendizagem e formas de retenção de conhecimento. Além disso, a tecnologia tem um papel importante, uma vez que, sob condições de isolamento social, tornou-se item de primeira necessidade para trabalhadores e estudantes. 

Sob esse novo aspecto de vivência, o Portal Pós selecionou cinco processos que devem continuar a impactar o mercado de trabalho e a vida pessoal de cada indivíduo. Confira! 

Home office em continuidade 

Devido à necessidade de isolamento social, muitas empresas deixaram seus colaboradores sob regime de home office. Anteriormente, por causa de certa desconfiança, o modelo nem sempre era bem visto. Entretanto, para o momento atual, tornou-se prática comum. Com a expectativa da criação de vacinas eficazes contra o COVID-19, a tendência é que as empresas ― mesmo sob a possibilidade de volta aos escritórios ―, mantenham, em forma de revezamento, parte de seus colaboradores alguns dias em home office. 

Evolução tecnológica do mercado

Empresas que não estavam acostumadas ou não vislumbravam o crescimento e investimento em sua área de Tecnologia da Informação, tiveram problemas para adaptar-se ao modelo novo de negócios. Desta maneira, muitas correram atrás do prejuízo e contrataram plataformas de e-commerce e profissionais especializados em tecnologias web

Empresas de todos os portes que não valorizavam o mercado digital passaram a preocupar-se com especializações, suporte e atendimento online. Outra área que absorveu as mudanças necessárias foi a de planejamento estratégico, com novas bases de conhecimento em inteligência de negócios, de mercado e de dados. 

Preocupação com a saúde mental 

Além de manter a mente sã durante a pandemia, o movimento deverá ser continuado com o término do processo de isolamento e práticas adquiridas. Tudo porque, de certa forma, a pandemia do Coronavírus nos deu oportunidades reais de pensar em transformações, conhecer novos processos internos e também a capacidade de reinvenção. 

O cuidado com a saúde mental, para muitos, virou prioridade diante do novo cenário mundial. Assim, ter flexibilidade cognitiva para trabalhar com mudanças e novidades será necessário em muitas áreas do mercado.

Contratação, recrutamento e estudos

Os profissionais de Recursos Humanos também passaram por novos modelos de contratação e entrevistas com colaboradores. De agora em diante, seguindo as novas práticas, será habitual que uma entrevista de emprego possa ser feita de forma totalmente online

Além disso, o ensino em EaD, bem como workshops, webinars e cursos online serão comuns, uma vez que as pessoas já estarão habituadas às novas modalidades de aprendizado. Tudo porque, com a necessidade do isolamento social, o ensino EaD tornou-se prática comum e segura entre aqueles que deram continuidade ao aprendizado, além do reconhecimento do MEC e item indispensável para promover sua carreira profissional a outros patamares. 

Tendências pessoais 

Realizado no início do ano de 2020, o Fórum Econômico Mundial, apresentou 10 competências que serão primordiais entre as tendências pós-pandemia, em relação aos novos profissionais e suas habilidades. São elas: 

  • Resolução de problemas complexos;
  • Pensamento crítico;
  • Criatividade;
  • Gerenciamento de pessoas;
  • Coordenação com os outros (atuar de forma compartilhada);
  • Inteligência emocional;
  • Discernimento e tomada de decisão;
  • Orientação de serviço (reconhecer as necessidades do cliente ou usuário antes que elas ocorram);
  • Negociação e
  • Flexibilidade cognitiva (disposição para aprender).

E você, está preparado para as tendências pós-pandemia do Coronavírus? Conte para a gente, nos comentários do Portal Pós

Conheça nossas faculdades